Roscosmos modernizará sistema de rastreamento de satélites

Rastreamento de lixo espacial e descida de satélites colocados fora de uso estarão entre responsabilidades de receptores do financiamento.

Rastreamento de lixo espacial e descida de satélites colocados fora de uso estarão entre responsabilidades de receptores do financiamento.

Agência injetará até 200 milhões de reais em projetos no espaço.

A agência espacial russa Roscosmos anunciou nessa quinta-feira (21) a abertura de licitação para a criação do terceiro sistema automatizado de alerta sobre situações de risco no espaço cósmico próximo à Terra. O valor máximo para a licitação será de 3,79 bilhões de rublos (cerca de 130 milhões de reais).

O sistema será acompanhado por equipamentos espaciais russos, avisando sobre potenciais ameaças e riscos, controlando a retirada de satélites de órbita e o lixo espacial gerado por equipamentos de satélite nacionais, prognosticando o tempo e local das descidas da órbita e da queda de objetos cósmicos na Terra, além de informar sobre a situação atual do Roscosmos, da Central de Lançamentos de Voos e outras demandas.

O vencedor da licitação deverá cumprir com o contrato até 14 de dezembro de 2025.

Além disso, a Roscosmos anunciou uma licitação de 1,178 bilhões de rublos para apoiar, até o final de 2018, a prontidão técnica e exploratória de um sistema automatizado de avisos sobre situações de perigo no espaço próximo à Terra.

Com informações da agência Ria Nôvosti.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.