Brics trocarão dados sobre sensoriamento remoto da Terra

Anúncio foi feito pelo chefe do Roscosmos em celebração do primeiro Dia da Astronáutica chinês, no domingo (24).

Anúncio foi feito pelo chefe do Roscosmos em celebração do primeiro Dia da Astronáutica chinês, no domingo (24).

Roscosmos
Troca de informações permitirá reação rápida em situações de emergência, como desastres e contaminação ambiental.

Os países do Brics estão finalizando uma iniciativa para troca de dados sobre o sensoriamento remoto da Terra que permitirá uma reação mais rápida em caso de situações de emergência, como desastres e contaminação ambiental, de acordo com declaração do chefe da agência espacial russa Roscosmos.

"Acredito que [essa iniciativa] possa encontrar o emprego prático necessário bem rápido para os países do Brics", disse Komarov aos jornalistas na China, onde participa das comemorações do primeiro Dia da Astronáutica chinês, no último domingo (24).

A China teve seu primeiro lançamento bem-sucedido de satélite em 24 de abril de 1970, o "Dong Fang Hong I".

Material publicado originalmente pela agência de notícias Ria Nôvosti.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.