Startup lança serviço que mede nível de poluição por bairro

Tecnologia tem como alvo esportistas e futuros compradores de imóveis

Tecnologia tem como alvo esportistas e futuros compradores de imóveis

Shutterstock/Legion Media
Tecnologia mira mercado de gadgets que promovem estilo de vida saudável. Recurso atualmente disponível nos EUA e Europa entrará futuramente no mercado asiático.

Um novo serviço on-line que determina a qualidade do ar em diferentes bairros de grandes cidades dos Estados Unidos e Europa foi desenvolvido por cientistas da startup russa AeroState. Além de analisar a qualidade do ar, também fornece recomendações aos usuários.

“Se uma pessoa quer correr, mas o ar da cidade está tomado por nevoeiro e fumaça, ela então pode utilizar o nosso serviço para descobrir se a situação no parque do bairro vizinho está melhor do que o das proximidades de sua casa”, diz Dmítri Solomentsev, fundador da startup.

O serviço já fornece dados e oferece previsões gerais sobre a qualidade do ar no mundo inteiro. No entanto, a tecnologia de precisão por bairro está disponível apenas para as cidades de Londres, Barcelona, Nova York, Chicago, Denver, Los Angeles e São Francisco.

A qualidade do ar é calculada de acordo com a metodologia da Agência de Proteção Ambiental norte-americana, combinando análise de fenômenos físicos e químicos, dados de satélite, modelos matemáticos da atmosfera e dados sobre poluentes.

Ao contrário do que possa parecer, o recurso apresentado pela AeroState surgiu ao acaso. Em dado experimento sobre física atmosférica, os cientistas perceberam que seria possível elaborar prognósticos sobre poluição ambiental com grande precisão.

Para desenvolver o serviço, a startup contou com investimentos do empresário e fundador da fabricante de satélites Dauria Aerospace, Mikhail Kokoritch.

Tecnologia vestível

Apostando na demanda do setor de tecnologia móvel, a startup planeja futuramente entrar no mercado asiático. Além disso, está previsto o lançamento de serviços adicionais que poderão ser integrados a pulseiras fitness e outros gadgets que promovem um estilo de vida saudável.

“Nossos principais clientes são empresas relacionadas à prática de exercícios ao ar livre, bem como pessoas que estão comprando uma casa e que acham importante conhecer as condições ambientais do local”, conta Solomentsev.

“Também estamos de olho nas oportunidades oferecidas pelo mercado de aparelhos eletrônicos vestíveis, que está crescendo rapidamente”, continua.

Não há previsão de lançamento do serviço de medição por bairro no Brasil.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.