Recursos antiterrorismo são destaques de feira em Paris

Estande da Rosoboronexport na capital francesa apresenta soluções de TI e mais de 200 tipos de recursos técnicos

Estande da Rosoboronexport na capital francesa apresenta soluções de TI e mais de 200 tipos de recursos técnicos

Marina Listseva/TASS
Em virtude dos recentes atentados terroristas, a Rosoboronexport, agência russa de exportação de armamentos, ajustou seu programa na exposição Milipol 2015, que teve início em Paris na terça-feira (17).

Os atos terroristas em Paris aumentaram o interesse de alguns países europeus nas exposições da Rosoboronexport. Prevemos negociações com diversos clientes em potencial, incluindo da Europa”, declarou Valéri Varlamov, que comanda a delegação russa na mostra em Paris sobre segurança pública.

“Os recursos antiterrorismo representam 4% do portfólio total da Rosoboronexport. O volume desses recursos vendidos pela empresa em 10 anos também esteve na faixa de 4%. No entanto, a participação deles em termos de valor aumentou nesse período”, acrescentou Varlamov.

Mais cedo, o assessor da presidência da Rosoboronexport, Mikhail Zavali, informou que o volume atual dos fornecimentos da empresa ficou em US$ 13 bilhões. Prevê-se, portanto, que os recursos antiterrorismo correspondam a cerca de US$ 520 milhões do portfólio da empresa.

“O terrorismo, a criminalidade, a migração ilegal, o tráfico de drogas e  o contrabando são uma ameaça óbvia para todos os Estados, independentemente das circunstâncias geopolíticas”, disse Varlamov. “Por isso, estamos abertos a estabelecer uma interação estreita com todas as partes interessadas, inclusive com os parceiros europeus.”

Durante a exposição, os especialistas da Rosoboronexport apresentam ainda projetos para a proteção de fronteiras terrestres e marítimas e eventos esportivos de grande escala.

“Soluções de TI e mais de 200 tipos de recursos técnicos, equipamentos especiais e armamentos estão sendo oferecidos para criar sistemas abrangentes de segurança”, concluiu o representante da Rosoboronexport.

Publicado originalmente pela agência Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.