Burger King produz tubo de cheeseburger para cosmonautas

Receita do cheeseburguer foi mantida, segundo Burger King

Receita do cheeseburguer foi mantida, segundo Burger King

Press Photo
Lanche moído e entubado foi criado para tripulantes russos na ISS (da sigla em inglês para Estação Espacial Internacional). A agência espacial russa Roscosmos deu sinal de reprovação, mas prometeu pensar na oferta.

A rede fast food norte-americana Burger King disse já ter produzido o primeiro lote de 100 unidades para entregar aos cosmonautas a bordo da Estação Espacial Internacional.

Para entrar no tubo, o cheeseburger foi moído, e conservantes naturais foram adicionados para preservar o sabor. A rede garante, porém, que a receita continua a mesma: “hambúrguer de carne de vaca com uma fatia de queijo derretido, pepino, mostarda e ketchup, no pão com gergelim”.

Embora o chefe da Burger King russa, Dmítri Medovoi, tenha declarado que o hambúrguer é um “elemento da vida terrestre” ao se referir sobre a oferta, os especialistas alertam para a necessidade de se verificar a composição da receita.

“Tenho uma atitude negativa em relação a hambúrgueres”, diz o chefe do departamento de nutrição da tripulação da ISS, Aleksandr Agureev. “Esta não é a primeira proposta que recebemos para incluir determinado alimento na dieta dos cosmonautas. Recebemos propostas dessas o tempo todo, pois isso é uma boa propaganda para os fabricantes.”

O porta-voz da Roscosmos, Ígor Burenkov, informou que a proposta será analisada, mas deu sinal de reprovação. “Fast food já é ruim para as pessoas comuns, imagine para os cosmonautas”, disse, acrescentando que a dieta dos tripulantes é desenvolvida segundo parâmetros rigorosos.

Se o teste com cosmonautas for bem-sucedido, o Burger King prometeu abrir uma produção de hambúrgueres nos padrões da alimentação espacial em 2016. A rede norte-americana disse que também fará uma proposta semelhante à Nasa.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.