Rússia vai propor a Brics produção conjunta de tecnologia

Pútin participou de fórum da juventude na terça-feira (14) Foto: Serguêi Guneiev/Ria Nóvosti

Pútin participou de fórum da juventude na terça-feira (14) Foto: Serguêi Guneiev/Ria Nóvosti

Produtos de tecnologia desenvolvidos coletivamente têm mais chances de ultrapassar fronteiras, segundo declaração do ministro das Comunicações russo, Nikolai Nikifórov, durante o fórum da juventude Terra Scientia. Pasta vai apresentar projetos na próxima reunião ministerial do Brics, em outubro.

Durante o fórum internacional da juventude Terra Scientia, Nikifórov anunciou que o país pretende desenvolver servidores e sistemas operacionais com a parceria de parceiros do Brics.

Para o ministro, o grupo de emergentes composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul é a única plataforma internacional que pode transformar a situação do mercado de TI.

“Vamos seguir justamente o princípio do desenvolvimento coletivo: se elaborarmos produtos em conjunto, com base em padrões comuns, teremos um avanço coletivo”, disse o ministro à agência de notícia Tass.

“Então não se dirá mais que tal produto chinês entrou para o mercado russo, ou tal produto indiano entrou para o mercado brasileiro, pois eles serão, na verdade, produtos coletivos.”

“A particularidade do setor de TI e da internet está no fato de que seus produtos devem ultrapassar fronteiras, por isso, é melhor que sejam produzidos por comunidades de desenvolvedores, de modo cooperativo”, destacou Nikifórov, elogiando as referências à internet na declaração aprovada na Cúpula do Brics em Ufá, na semana passada.


Nikifórov: “Com base em padrões comuns, teremos um avanço coletivo” Foto: RIA Nóvosti

Para a Rússia, a prioridade é desenvolver vários tipos de software básicos: sistema operacional móvel, sistema operacional para servidores, bancos de dados e pacote de produtos office, bem como produtos relacionados à troca de mensagens de voz.

“O nosso objetivo é muito simples: destacamos um conjunto de produtos de TI básicos e queremos que os países do Brics cheguem a um acordo sobre como e o que vamos fazer juntos em relação a eles”, disse Nikifórov.

A expectativa é estabelecer acordos específicos já próxima reunião entre ministros de Comunicação do Brics, que será realizada em outubro, na Rússia. “Já estamos nos preparando para a reunião ministerial de outubro.”

Jovens especialistas em TI, deputados, professores, representantes de ONGs e economistas estão reunidos no fórum da juventude Terra Scientia, que acontece em Vladímir, a 200 km de Moscou, até o dia 28 de agosto. Os quase 6.000 participantes têm entre 18 e 30 anos.

 

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.