Rússia apresenta inovações militares no Ármia-2015

Mais de mil fabricantes de armas russos participam do Ármia-2015, no parque militar 'Patriot' Foto: RIA Nóvosti

Mais de mil fabricantes de armas russos participam do Ármia-2015, no parque militar 'Patriot' Foto: RIA Nóvosti

Exposição de aparato militar foi inaugurada nos arredores de Moscou nessa terça-feira (16). Durante o evento será debatida a agenda do complexo militar-industrial russo e apresentados os mais recentes equipamentos militares.

Em sua primeira edição, o Ármia-2015 (Exército-2015, em tradução livre) apresenta um novo formato de evento no setor técnico-militar, combinando exposição de armamento, conferências e simuladores de equipamentos militares.

“A combinação de exposição e demonstração de equipamentos em um mesmo evento nos oferece oportunidades de negócios inteiramente novas, incluindo o trabalho com clientes estrangeiros”, destacou Serguêi Tchemezov, diretor-geral da corporação estatal de alta tecnologia Rostec, durante a palestra de abertura.

“Nos últimos anos, nossas empresas conseguiram avançar significativamente em termos de soluções tecnológicas. Muitos desses desenvolvimentos serão apresentados no Ármia-2015 e, em um futuro próximo, começarão a ser integrados ao Exército russo”, acrescentou Tchemezov.

As grandes atrações do Ármia-2015 são a nova pistola PL-14 e o promissor fuzil AK-12, ambos do consórcio Kalashnikov, o helicóptero Mi-8AMTSh-VA, criado especificamente para a exploração e defesa do Ártico, e o veículo aéreo não tripulado Corsário, que logo se tornará a base do serviço de reconhecimento aéreo de curto alcance do Exército russo.

Além dessas inovações, o helicóptero Ka-52K será apresentado pela primeira vez para um público mais amplo. O veículo foi desenvolvido para a Marinha russa , usando como base o conhecido modelo Ka-52 Alligator.

Entre as novidades mais aguardadas do evento está ainda o sistema portátil russo de defesa aérea Verba, que supera todos os análogos em relação ao conjunto de características técnicas. Além disso, é o recurso portátil de defesa aérea mais eficaz que existe atualmente.

A expectativa é que o fórum, que vai até sexta-feira (19), seja visitado por delegações de mais de 100 países.  

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.