Cinco blindados que farão estreia no desfile do Dia da Vitória

Celebração no dia 9 de maio contará com exemplares da mais moderna tecnologia militar nacional, dos quais alguns nunca foram mostrados ao público. Conheça cinco destaques em armamento que, em um futuro próximo, irão aumentar a frota de veículos das Forças Terrestres da Rússia.

T-14

O tanque T-14 foi desenvolvido com base no chassi do Armata. Ele vai ser integrado ao Exército russo como o mais recente e principal tanque de combate das Forças Terrestres.


Foto: Ramil Sítdikov/RIA Nóvosti

A principal característica do T-14 é a torre sem tripulantes. Os três membros da tripulação ficam dentro de uma cápsula especial na parte de baixo da viatura.

O novo tanque vai receber um canhão de 125 mm 2A82A, equipado com carregador automático, um canhão de 30 mm e uma metralhadora coaxial de 12,7 mm.

Koalítsia-SV

A unidade automotora que irá substituir o MSTA-S, também foi construída com base no chassi do Armata. O Koalítsia tem um compartimento de combate sem tripulante, onde está montado um mecanismo de carregamento pneumático que permite um ritmo elevado de disparos.


Foto: Ramil Sítdikov/RIA Nóvosti

Em situação de fogo cerrado, esse veículo é capaz de acertar alvos terrestres a uma distância de 70 km. Além disso, a nova tecnologia de recarga permite prontidão rápida para o disparo.

Kurganets-25

O Kurganets-25 é um chassi médio universal em lagarta com boas perspectivas. Espera-se que, no futuro, seja usado como base para criar um veículo de combate de infantaria, um veículo blindado anfíbio de transporte ao serviço das Forças Aéreas e uma unidade antitanque.


Foto: Ramil Sítdikov/RIA Nóvosti

O veículo de combate de infantaria com chassi Kurganets-25 será o primeiro de produção nacional cuja tripulação ficará separada do módulo com as armas e munições.

Bumerangue


Foto: Ramil Sítdikov/RIA Nóvosti

O Bumerangue é um chassi unificado médio sobre rodas na base do qual será desenvolvida toda uma gama de veículos de combate e de apoio. O chassi sobre rodas Bumerangue deve se tornar base única para a criação dos mais modernos veículos de combate.

Tufão (Taifun)


Foto: Aleksêi Filipov/RIA Nóvosti

O veículo antissabotagem da família Tufão, com esquema de rodas 6×6 e 4×4, foi projetado para o transporte da infantaria. O veículo suporta explosões, sob a roda ou o corpo, de uma carga equivalente a 8 quilos de explosivos. A combinação de blindagem de aço e cerâmica também possibilita resistir a balas perfurantes B-32. Esse veículo de 25 toneladas é capaz de transportar até 16 soldados.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.