Primeira caminhada espacial completa 50 anos

Cosmonauta soviético Aleksêi Leônov permaneceu pouco mais de 12 minutos fora da nave Voskhod 2. Difícil retorno à nave e silêncio no espaço ficaram guardados na memória do explorador.

Foto: divulgação

Há exatos 50 anos, o cosmonauta soviético Aleksêi Leônov foi a primeira pessoa a realizar uma caminhada espacial. No total foram 12 minutos e 9 segundos fora da nave orbital Voskhod 2. Mas a experiência com Leônov por pouco não o levou à morte.

No vácuo, o traje espacial “Berkut” inflou, impedindo que ele reentrasse na nave. Para salvar a própria vida, o cosmonauta teve que quebrar o protocolo: reduziu a pressão dentro do traje para que ele diminuísse ao mínimo possível. Assim, conseguiu entrar ao contrário pela escotilha da Voskhod – não com os pés, mas com a cabeça.

Leônov, que comemorou seu 80º aniversário no ano passado, lembra que o que mais o impressionou no espaço foi justamente o silêncio. “Eu conseguia escutar claramente o meu coração batendo. E ouvia a minha respiração. Isso até incomodava o pensamento”, conta.

O som da respiração de Leônov foi inclusivo gravado e transmitido para a Terra. Mais tarde, a gravação foi usada no filme de ficção científica “2001 – Uma Odisseia no Espaço”, do diretor americano Stanley Kubrick.

Você sabia?

Leônov também foi o primeiro pintor na ausência de gravidade: uma exposição com suas pinturas sobre o espaço foi inaugurada na segunda-feira passada (16) no edifício da Biblioteca Nacional da Rússia, em São Petersburgo.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.