Kamaz anuncia projeto de caminhão não tripulado

Cognitive Technologies, que possui experiência na criação de sistemas de controle ótico automático, ficará responsável pelo módulo de controle do Kamaz não tripulado Foto: Press Photo

Cognitive Technologies, que possui experiência na criação de sistemas de controle ótico automático, ficará responsável pelo módulo de controle do Kamaz não tripulado Foto: Press Photo

Fabricantes de caminhões Kamaz está projetando caminhão não tripulado em parceria com a tradicional desenvolvedora de softwares russa Cognitive Technologies. Veículo será capaz de guiar em qualquer condição climática, detectar outros obstáculos na pista, ler sinais de trânsito e responder efetivamente a mudanças repentinas na rota.

Avaliado em 12 bilhões de rublos, o projeto de caminhão não tripulado desenvolvido conjuntamente pelas empresas Kamaz e Cognitive Technologies deve resultar em um primeiro protótipo funcional em meados deste ano.

Do montante estimado no orçamento, o Estado participará do projeto com um investimento de 300 milhões de rublos. “A Kamaz, por sua vez, já investiu 90 milhões de rublos e considera o projeto potencialmente rentável”, diz o porta-voz da fabricante da caminhões Oleg Afanássiev.

Já a Cognitive Technologies, que possui experiência na criação de sistemas de controle ótico automático, ficará responsável pelo módulo de controle do Kamaz não tripulado. O módulo de controle russo será capaz de se guiar mesmo com mau tempo, detectar pedestres e outros obstáculos na estrada, ler os sinais de trânsito e responder efetivamente a mudanças repentinas na rota.

Para enfrentar as condições climáticas russas, os projetistas estão criando um sistema mais complexo do que os seus congêneres estrangeiros, que geralmente lidam com climas mais favoráveis.

“É improvável que as empresas estrangeiras sejam capazes de projetar equipamentos para as condições russas. Por outro lado, um sistema que funciona na Rússia tem já uma vantagem adicional nos mercados mundiais”, afirma Oleg Slávin, chefe da divisão ótica da Cognitive Technologies.

Segundo os desenvolvedores, o caminhão automático também será mais seguro do que os tripulados, e o tempo de resposta a qualquer incidente não deve passar de 0,3 segundo.

Até 2017 planeja-se o lançamento de um projeto-piloto com a utilização de caminhões não tripulados em vias públicas do Tatarstão, bem como a introdução de alterações na legislação correspondente.

 

Publicado originalmente pelo Mir-robotov.ru 

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.