Reformulada, base militar da Crimeia entra em operação

Em meados de 2015, divisão de navios de superfície da Frota do Mar Negro será complementada com novos modelos Foto: TASS

Em meados de 2015, divisão de navios de superfície da Frota do Mar Negro será complementada com novos modelos Foto: TASS

Base Naval da Crimeia (KVMB, na sigla em russo), que até 1996 integrava a Frota do Mar Negro da Rússia, foi reformulada e já começou a operar.

“A nova Base Naval da Crimeia está localizada em Sevastopol, onde até 19 de março ficava o quartel-general da Marinha ucraniana”, anunciou o capitão de mar e guerra Aleksêi Komarov, chefe do Estado-Maior da referida base.

Em 1º de dezembro foram constituídas a 126ª Brigada Independente de Defesa Costeira, no vilarejo de Perevalnoe, e a Brigada de Mísseis Independente das Tropas Costeiras, em Sevastopol.

“As novas formações assumiram o plantão de combate como integrantes do agrupamento de forças de ataque responsáveis por dar cobertura, a partir do mar Negro, contra inimigos alocados em navios”, acrescentou Komarov.

Em meados de 2015, a divisão de navios de superfície da Frota do Mar Negro será complementada com novos navios do projeto 11356. “Esperamos que no verão de 2015 a fragata do projeto 11356, Almirante Grigorovitch, seja incorporada à frota”, disse no domingo passado (21) o capitão de mar e guerra Oleg Krivorog, comandante da 30ª Divisão.

Conforme os planos, a primeira fragata produzida em série, intitulada Almirante Essen, será incorporada à Frota do Mar Negro até o final do próximo ano. Um ano mais tarde, a fragata Almirante Makarov irá se juntar à 30ª Divisão. Em seguida, virão as fragatas Almirante Butakov e Almirante Istomin.

“Os novos navios da 30ª Divisão serão tripulados exclusivamente por marinheiros que prestarão serviço por contrato. As embarcações ainda não foram entregues, mas o treinamento das tripulações destinadas a elas já segue a todo vapor”, acrescentou Krivorog.

Crimeia armada

Na metade de 2014, foi constituído na Crimeia o 8º Regimento de Artilharia das Tropas Costeiras, equipado com obuseiros autopropulsados MSTA-S, sistemas múltiplos de lançamento de mísseis Tornado-G e sistemas pesados de mísseis antitanque Khrizantema.

A estrutura das forças terrestres da Frota do Mar Negro também inclui a 810ª Brigada Independente de Fuzileiros Navais, em Sevastopol, e o 501º Batalhão Independente de Fuzileiros Navais, em Feodósia – criado no verão de 2014 pela fusão do 501º e do 1º Batalhões do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha da Ucrânia –, bem como unidades de defesa aérea, engenharia e química.

 

Com materiais da agência Tass e do portal Lenta.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.