Rússia deve enviar mais uma mulher ao espaço

Em 26 de setembro, a cosmonauta russa Elena Serova deve partir para a Estação Espacial Internacional, a primeira nos últimos 20 anos Foto: ITAR-TASS

Em 26 de setembro, a cosmonauta russa Elena Serova deve partir para a Estação Espacial Internacional, a primeira nos últimos 20 anos Foto: ITAR-TASS

Depois de Elena Serova, Anna Kíkina pode ser enviada para uma missão, afirmou Iúri Lontchakov, chefe do Centro de Preparação de Cosmonautas.

A cosmonauta Anna Kíkina poderá participar de uma viagem espacial dentro de alguns anos, declarou Iúri Lonchakov, chefe do Centro de Preparação de Cosmonautas.

Anna faz parte de um grupo seleto.

Em 26 de setembro, a cosmonauta russa Elena Serova deve partir para a Estação Espacial Internacional, a primeira nos últimos 20 anos.

Não há mais mulheres cosmonautas na equipe russa além dela e de Kíkina.

"Anna Kíkina realizou treinos [individuais]. Todos os instrutores que trabalharam com ela dizem que a preparação de Anna é de muito alto nível, por isso será uma digna cosmonauta", disse Lonchakov.

Ao responder à pergunta sobre quando ela poderá participar de um voo espacial, Lontchakov acrescentou:

“Agora, ela tem de participar da preparação em grupos, depois será nomeada para uma tripulação. Penso que, no melhor dos casos, dentro de três ou quatro anos. Esperemos. Anna tem todos os requisitos”, acrescentou.

 

Publicado originalmente pela Voz da Rússia

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.