Marinha russa receberá novos sistemas de identificação de alvos

O sistema espacial multinacional Liana contém quatro novos satélites de detecção por radar Foto: RIA Nóvosti

O sistema espacial multinacional Liana contém quatro novos satélites de detecção por radar Foto: RIA Nóvosti

O sistema espacial multinacional Liana está sendo elaborado especialmente para navios com mísseis de longo alcance.

Navios da Marinha russa em breve serão equipados com um sistema moderno de detecção de alvos que recebe informações do sistema espacial multinacional Liana, disse à agência de notícias RIA Nóvosti um dos representantes do complexo militar-industrial russo. Além dos navios, o sistema servirá também para os equipamentos costeiros de lançamento de mísseis. 

O sistema espacial multinacional Liana contém quatro novos satélites de detecção por radar, instalados em uma órbita a cerca de mil quilômetros da Terra, que constantemente monitoram do espaço a superfície terrestre, o mar e a atmosfera com o objetivo de identificar inimigos.

“Recentemente, em um dos navios da Frota do Norte, foram realizados com sucesso testes do primeiro sistema modernizado de detecção de alvos no mar que recebe informações do sistema Liana. Em breve, esse sistema será disponibilizado para armar a  Marinha da Federação Russa", disse a fonte da agência. 

“O sistema foi desenvolvido especificamente para os navios da Marinha com mísseis de longo alcance, e também será utilizado para os equipamentos costeiros de lançamento  de mísseis", disse  o entrevistado.

O sistema espacial multinacional Liana, projetado para detectar alvos no mar em tempo real, começou a operar para a Marinha em 2009.  “As esquadras de navios de identificação de alvos no mar  tiveram de ser modernizadas para garantir o êxito desse sistema”, disse o representante. 

Funcionários  da empresa construtora Rubin e do centro científico e técnico Fabrica Leninets (parte da empresa estatal Rostekh) realizaram o acompanhamento  técnico dos testes da primeira modernização do sistema de identificação de alvos no mar. Esse sistema substituirá o Leguenda, desenvolvido no período soviético. 

 

Publicado originalmente pelo RIA Nóvosti

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.