Caça russo passou a uns 30 metros de avião americano, revela Pentágono

Perigosa aproximação do caça russo SU-27 em relação ao avião militar de reconhecimento americano RC-135 causou preocupação ao secretário de Defesa dos EUA Foto: Mikhail Siritsa / RIA Nóvosti

Perigosa aproximação do caça russo SU-27 em relação ao avião militar de reconhecimento americano RC-135 causou preocupação ao secretário de Defesa dos EUA Foto: Mikhail Siritsa / RIA Nóvosti

Defesa dos EUA divulgou informações sobre um dos erros mais graves desde a Guerra Fria.

Em abril deste ano, a perigosa aproximação do caça russo SU-27 em relação ao avião militar de reconhecimento americano RC-135 causou preocupação ao secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel. O evento, revelado apenas recentemente por Stephen Warren, porta-voz do Pentágono, foi visto pelos americanos como uma “loucura”.

O caça russo passou “ante o nariz do aparelho americano, a uns 30 metros”, disse Warren, qualificando as ações dos pilotos russos como um dos erros mais graves desde a época da Guerra Fria.

Segundo a fonte do Pentágono, o veículo americano realizava uma missão de rotina sobre o Mar de Okhotsk, a 100 km da costa marítima do Extremo Oriente russo.

 

Publicado originalmente pelo Vzgliad

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.