Governo analisa projetos para três porta-aviões

Os equipamentos terão propulsão nuclear, declarou no sábado o vice-ministro da Defesa Foto: RIA Nóvosti

Os equipamentos terão propulsão nuclear, declarou no sábado o vice-ministro da Defesa Foto: RIA Nóvosti

O Ministério da Defesa está analisando três projetos para “porta-aviões do futuro” com propulsão nuclear, declarou no sábado o vice-ministro da Defesa da Rússia, Iúri Borissov.

O gabinete de projetos Névski já havia declarado que a Rússia precisava construir pelo menos quatro porta-aviões: dois para a Frota do Pacífico e dois para a Frota do Norte.

“No programa em vigor nós não temos planejada a construção de porta-aviões, mas no futuro isso será possível. Nós temos três projetos para a sua construção”, disse Borissov. Ele explicou também que se tratam de porta-aviões de propulsão nuclear.

Na opinião de Borissov, o programa de substituição de importações, que a Rússia foi obrigada a introduzir devido à situação na Ucrânia, irá apenas favorecer o gabinete de projetos russo.

Antes, o presidente russo, Vladímir Pútin, tinha declarado que a questão da substituição de importações na área de defesa é “um processo correto”, apesar dos gastos adicionais.

“Nós temos de rever todas as posições. Esse é um esforço suplementar, mas numa perspectiva de longo prazo será positivo para a indústria de defesa russa”, disse Borisov.

 

Publicado originalmente pela Voz da Rússia

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.