Morre construtor dos mísseis Iglá e Totchka-U

Graças a ele, surgiu na União Soviética um novo ramo científico ligado à defesa ativa dos blindados e outros dispositivos militares Foto: RIA Nóvosti

Graças a ele, surgiu na União Soviética um novo ramo científico ligado à defesa ativa dos blindados e outros dispositivos militares Foto: RIA Nóvosti

Serguêi Nepobedími tinha 93 anos e era autor de 28 sistemas antimísseis russos, entre eles o Iglá, adquirido pelo Brasil.

O Gabinete de Projetos de Construção de Máquinas da cidade de Kolomna anunciou que morreu nesta sexta-feira (11), aos 93 anos, o construtor Serguêi Nepobedimi, autor de 28 sistemas antimísseis russos.

Foi graças a Nepobedími que surgiu na União Soviética um novo ramo científico ligado à defesa ativa de blindados e outros dispositivos militares. A construção do SMA Khrizantemi-C, o único capaz de atingir um alvo na ausência de visão ótica, foi feita sob sua supervisão.

Entre suas criações mais conhecidas, figuram o primeiro sistema antitanque do Exército Soviético, o Chmel, o SMA Maliutka, os sistemas de mísseis antiaéreos Strelá e Iglá, assim como conjuntos de mísseis táticos de alta precisão denominados Tochka, entre outros.

O Brasil continua a comprar da Rússia os sistemas Iglá.

 

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.