Morre construtor dos mísseis Iglá e Totchka-U

Graças a ele, surgiu na União Soviética um novo ramo científico ligado à defesa ativa dos blindados e outros dispositivos militares Foto: RIA Nóvosti

Graças a ele, surgiu na União Soviética um novo ramo científico ligado à defesa ativa dos blindados e outros dispositivos militares Foto: RIA Nóvosti

Serguêi Nepobedími tinha 93 anos e era autor de 28 sistemas antimísseis russos, entre eles o Iglá, adquirido pelo Brasil.

O Gabinete de Projetos de Construção de Máquinas da cidade de Kolomna anunciou que morreu nesta sexta-feira (11), aos 93 anos, o construtor Serguêi Nepobedimi, autor de 28 sistemas antimísseis russos.

Foi graças a Nepobedími que surgiu na União Soviética um novo ramo científico ligado à defesa ativa de blindados e outros dispositivos militares. A construção do SMA Khrizantemi-C, o único capaz de atingir um alvo na ausência de visão ótica, foi feita sob sua supervisão.

Entre suas criações mais conhecidas, figuram o primeiro sistema antitanque do Exército Soviético, o Chmel, o SMA Maliutka, os sistemas de mísseis antiaéreos Strelá e Iglá, assim como conjuntos de mísseis táticos de alta precisão denominados Tochka, entre outros.

O Brasil continua a comprar da Rússia os sistemas Iglá.

 

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies