Cientista russo Iákov Sinai leva o “Nobel da matemática”

Sinai revelou conexões inesperadas entre a ordem e o caos Foto: www.trv-science.ru

Sinai revelou conexões inesperadas entre a ordem e o caos Foto: www.trv-science.ru

O acadêmico da Academia das Ciências da Rússia e professor na Universidade de Princeton Iákov Sinai recebeu o Prêmio Abel, considerado o “Nobel da matemática”, por “contribuições fundamentais à teoria dos sistemas dinâmicos, à teoria ergódica e à física matemática".

O matemático russo e professor da Universidade de Princeton Iákov Sinai foi agraciado com o Prêmio Abel, um dos mais prestigiados na área de matemática. 

Sinai recebeu o prêmio “por suas contribuições fundamentais à teoria dos sistemas dinâmicos, à teoria ergódica e à física matemática".

O Abel é um prêmio matemático atribuído anualmente pelo rei da Noruega. Foi instituído em 2002, por ocasião do bicentenário do matemático norueguês Niels Henrik Abel. Os agraciados recebem uma quantia em dinheiro em torno de € 800 mil.

A premiação foi inicialmente proposta por Sophus Lie em 1897 devido ao anúncio de que não existiria um Nobel de matemática. A dissolução do Reino da Suécia e Noruega impediu sua instituição na época.

"Sinai revelou conexões inesperadas entre a ordem e o caos, desenvolveu a teoria da probabilidade e a teoria da medida para o estudo de sistemas dinâmicos”, diz o comunicado da Academia Norueguesa de Ciências. “Seu trabalho inclui os estudos da teoria ergódica, que estuda a tendência dos sistemas dinâmicos de passar por todos os estados possíveis, e da mecânica estatística, que examina o comportamento de sistemas constituídos por um número grande de partículas, por exemplo, moléculas de gás."

De acordo com representantes do Comitê Abel, que é composto por cinco matemáticos, muitos resultados das pesquisas de Sinai se tornaram parte das ferramentas padrão da física matemática.

Segundo matemático russo Stanislav Smirnov, um dos membros do comitê e ganhador da Medalha Fields deste ano, a escolha foi difícil.

"Houve muitos fortes candidatos. Iákov é um dos melhores matemáticos do mundo, a maior parte dos seus trabalhos se encontra no cruzamento da matemática e da física. É impossível listar todas as suas realizações científicas, no entanto, é preciso sublinhar uma de suas primeiras descobertas –ele aperfeiçoou o conceito de entropia, introduzido por seu supervisor Andrêi Kolmogorov, que hoje leva o nome de ‘Entropia Kolmogorov-Sinai’”, diz Smirnov. “Além disso, Sinai tem muitos estudantes maravilhosos que se tornaram cientistas proeminentes", completou.

A cerimônia de premiação oficial deverá ser realizada em 20 de maio. Espera-se que Sinai receba o prêmio das mãos do herdeiro do trono da Noruega, Haakon Magnus, e realize uma série de palestras em Oslo e Stavanger. 

Iákov Grigorievitch Sinai nasceu em Moscou em 21 de setembro de 1935. Em 1957, formou-se pela Universidade Estatal de Moscou. Foi discípulo do famoso matemático soviético Andrêi Kolomogorov. Desde 1960, trabalha como professor da MSU. Desde 1993, é professor da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos.

 

Com materiais de ITAR-TASS, Interfax, Vesti.ru e Agência Efe

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.