Novo esquadrão de demonstração aérea se prepara para levantar voo

O grupo dos Iak-130 não é a única equipe acrobática que voa em aeronave de treinamento Foto: Press Photo

O grupo dos Iak-130 não é a única equipe acrobática que voa em aeronave de treinamento Foto: Press Photo

No dia 21 de março, os pilotos do OKB Iakovlev testaram pela primeira vez o sistema de geração de fumaça colorida com a aeronave de ataque e treinamento avançado Iak-130. A nova equipe acrobática destes aviões está se preparando para se apresentar nos maiores shows aéreos, ao lado dos outros ases russos já conhecidos em todo mundo.

Uma nova equipe de pilotos está se preparando para entrar para o grupo dos mundialmente famosos esquadrões russos de demonstração aérea. Assim, pronta para se juntar aos conhecidos Strijei (Andorinhão) e Ruskie Vitiazi (Cavaleiros Russos), está uma equipe de acrobacia aérea que vai voar nas aeronaves de ataque e treinamento avançado Iak-130 (Mitten, na designação da Otan).

A preparação está sendo feita no aeródromo de Borisoglebski, do centro acadêmico de aviação Tchkalov para treinamento de tripulações. De acordo com o plano traçado, o novo esquadrão de demonstração aérea irá participar da Parada da Vitória, no dia 9 de maio deste ano.

O primeiro teste

A corporação Irkut vai fornecer 12 aeronaves para este novo esquadrão acrobático. Cinco delas serão entregues já este ano, e as restantes, em 2015. Os especialistas do OKB Iakovlev estão agora fazendo algumas adaptações a pedido da Força Aérea, como, por exemplo, instalar nos Iak-130 geradores de fumaça colorida e equipamento de rádio, que permitirá o pouso das aeronaves em aeroportos civis, incluindo os estrangeiros.

 

Atualmente, a Força Aérea da Rússia possui quatro esquadrões de demonstração aérea: os Ruskie Vitiazi (Cavaleiros Russos), nos Su-27, os Strijei (Andorinhões), nos MiG-29, os Sokoli Rossii (Falcões da Rússia), nos Su-27 e MiG-29, e o grupo de helicóptero Berkut (Águias), que voa nos Mi-28N. Além disso, na base do centro de formação aérea de Viazemski Dosaaf, existe o esquadrão acrobático Rus, que se apresenta nos jatos de treinamento L-39.

"As aeronaves para apresentações acrobáticas vão sofrer pequenas alterações em comparação com os aviões não alterados. Terão a aerodinâmica melhorada e a autonomia de voo aumentada. Além disso, vão ter quatro tanques adicionais de combustível", disse o piloto principal da equipe de teste do OKB Iakovlev, Roman Taskaev. Segundo ele, também um segundo emissor de rádio adicional será instalado, já que os pilotos-acrobatas do grupo terão de manter a comunicação de rádio entre si.

Agora, a tripulação da base aérea de treinamento da Academia da Força Aérea, em Borisoglebsk, já iniciou os voos de acrobacias complexas a médias e baixas altitudes no âmbito da preparação do esquadrão. Segundo um representante oficial da Força Aérea Russa, coronel Ígor Klimov, no total foram selecionados nove pilotos instrutores para este novo grupo de demonstração aérea –seis deles compõem a estrutura básica e três são de reserva.

 Acrobatas sem nome

A decisão de criar um novo esquadrão de demonstração aérea foi aprovada no final do ano passado pelo ministro da Defesa, Serguêi Shoigu. Os principais mentores dos futuros acrobatas aéreos nos Iak-130 foram os ases do esquadrão Striji. Apesar do estatuto oficial de "mesas voadoras", por suas características, o Iak-130 se aproxima do caça de combate e, por isso, esta tutela faz sentido.

 

Durante um voo de demonstração na abertura do show aéreo em Singapura deste ano, o Iak-130 realizou várias acrobacias. 

Por enquanto, o novo esquadrão ainda não tem nome, nem cores que o representem. A sua criação foi feita por concurso público, que estava planejado para ser concluído em janeiro de 2013 –os resultados acabaram não sendo publicados em fontes abertas.

O grupo dos Iak-130 não é a única equipe acrobática que voa em aeronave de treinamento. Por exemplo, o esquadrão de demonstração aérea finlandês Midnight Hawks atua nos aviões de treinamento BAE Hawk, e o esquadrão acrobático da Força Aérea do Cazaquistão, os Sunkar, voa com as aeronaves de treinamento Aero L-39 Albatros.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.