Nativos da América e da Sibéria falavam mesma língua

Tribos nômades da Ásia Central teriam retornado às origens após migrarem para América do Norte Foto: AFP/East News

Tribos nômades da Ásia Central teriam retornado às origens após migrarem para América do Norte Foto: AFP/East News

Há muito tempo se sabe do parentesco genético entre os povos indígenas da América do Norte e da Rússia. Mas novos estudos comprovam também o seu parentesco linguístico.

Cientistas da Universidade de Georgetown utilizaram o método de filogenia linguística para descobrir o parentesco entre as línguas índias do grupo Na-Dene e o grupo linguístico ienisseiano.

Essa descoberta prova também que a mudança dos povos da Ásia Central para a América do Norte, há 13 mil anos, possivelmente não foi definitiva. Muitas tribos migraram mais tarde de volta para a Sibéria, onde se estabeleceram definitivamente.

 

Publicado originalmente pela Voz da Rússia

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.