'Anti-smartphone' criará interface entre computador e celular

A única diferença entre o Skvone e um smartphone tradicional está na ausência de câmera fotográfica Foto: serviço de imprensa

A única diferença entre o Skvone e um smartphone tradicional está na ausência de câmera fotográfica Foto: serviço de imprensa

Por apresentar apenas funções básicas, o Skvone será gerenciado por aparelho externo conectado via Bluetooth. A categoria “anti” foi atribuída ao novo celular devido ao sistema de gerenciamento incomum.

De acordo com o fabricante russo Studia Treilerov, o usuário poderá administrar todas as funções do seu smartphone, como gerenciar contatos, despertador, sms etc, por meio de um aplicativo instalado em tablets ou computadores com os sistemas operacionais iOS, Android, Mac e Windows, e conectados ao Skvone via Bluetooth.

“O número de pessoas que levam os seus tabletes para qualquer ligar cresce diariamente, o que diminui a necessidade num celular multifuncional”, diz um representante da marca. “Porém, os fabricantes desenvolvem aparelhos cada vez mais avançados, prejudicando as funções principais, tais como a vida da bateria, navegação rápida e a ergonomia”, acrescenta.

O acesso a um gerenciador de software também permitirá ao usuário ampliar a funcionalidade do seu celular e adequá-lo às suas necessidades. Na ausência do tablet ou computador, o aparelho poderá ser usado normalmente.

A única diferença entre o Skvone e um smartphone tradicional está na ausência de câmera fotográfica. Os engenheiros da Studia Treilerov planejam lançar o aparelho no segundo semestre do ano.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.