Peru anuncia compra de 24 helicópteros Mi-171Sh

Aparelhos serão utilizados na luta contra o tráfico de drogas no país  Foto: divulgação

Aparelhos serão utilizados na luta contra o tráfico de drogas no país Foto: divulgação

Rússia criará também um centro de manutenção que servirá para toda a América Latina e terá um simulador para treinamento de pilotos.

Na última quarta-feira (18), o governo de Peru anunciou a compra de 24 helicópteros militares Mi-171Sh para equipar as suas Forças Armadas e de um simulador de voos.

De acordo com o Ministério da Defesa do Peru, o acordo inclui também a criação de um centro de manutenção e reparos.

Os helicópteros multifuncionais Mi-171Sh são equipados com novos sistemas que aumentam a eficácia de combate, meios de proteção contra a destruição dos sistemas principais, além de equipamentos e instrumentos rádio-eletrônicos para a realização de voos em condições climáticas severas.  

A assinatura do contrato vem depois da visita do ministro da Defesa russo, Serguêi Choigu, ao Peru em outubro último.

Durante a visita, Choigu propôs a criação de um centro do tipo que será estabelecido. De acordo com o então vice-ministro da pasta, Anatóli Antonov, todos os países da região, com exceção do Chile, já adquiriram helicópteros russos. "Talvez chegou o momento para pensar em um projeto de caráter nacional. Não apenas vendemos equipamentos no exterior, mas também queremos estabelecer uma produção conjunta, desenvolver a interação técnico-militar", declarou Antonov.

De acordo com informações do Ministério peruano, o centro com um simulador que ajudará a treinar pilotos será aberto em 2016.

Segundo as autoridades do Peru, os helicópteros russos serão utilizados na luta contra o narcotráfico e o terrorismo no Vale do Rio Apurimac, Ene e Mantaro. A chefe da Comissão Nacional para o Desenvolvimento e Vida sem Drogas, Carmen Masías, disse que "em 2013, erradicaremos 23,6 mil hectares de cultivos ilegais de coca, o que excede a meta inicial, prevista em 18mil".

Em entrevista à Gazeta Russa, embaixador da Rússia no Peru falou sobre o aumento da interação bilateral em várias áreas, inclusive na luta contra o tráfico de drogas e na defesa. Os helicópteros adquiridos têm caraterísticas técnicas que permitem o seu funcionamento em áreas de relevo acidentado e podem exercer funções diferentes, como resgates e aterrissagem de tropas, equipamentos e munições em zonas de conflito.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.