Agência reguladora bloqueia 6 sites estrangeiros por divulgar dados pessoais

Até hoje, 41 sites foram encerrados na Rússia por divulgar ilegalmente informações dos usuários Foto: Reuters

Até hoje, 41 sites foram encerrados na Rússia por divulgar ilegalmente informações dos usuários Foto: Reuters

Domínios foram encerrados por repassarem ilegalmente informações dos usuários russos.

O Serviço Federal para a Supervisão das Comunicações, Tecnologia da Informação e Meios de Comunicação (Roskomnadzor) bloqueou sites registrados nas Bahamas e na Índia que haviam divulgado ilegalmente dados pessoais dos cidadãos russos.

Os domínios obmanoff.сс, freesps.com, vroziske.org, vroziske.net, poiskoff.net e chek-you.in haviam oferecido acesso a dados de passaporte, números de telefone e fotos dos cidadãos russos.

“Não é apenas o bloqueio do site, mas o encerramento do domínio. Desse modo, os sites foram encerrados. Para reabri-los, o proprietário tem de registar novos domínios e investir em publicidade”, informou a agência reguladora.

Não é a primeira vez que o Roskomnadzor encerra páginas da internet estrangeiras. Até hoje, o agência federal encerrou a operação de 41 sites (inclusive estrangeiros) que divulgaram ilegalmente dados pessoais de cidadãos russos. Informações confidenciais foram excluídas de outras 37 páginas da internet.

 

Publicado originalmente pela ITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.