Maior vulcão da Eurásia entra em erupção

Erupção mais poderosa do Kliutchevskoi nos últimos anos foi registrada em 2005 Foto: wikipedia.org

Erupção mais poderosa do Kliutchevskoi nos últimos anos foi registrada em 2005 Foto: wikipedia.org

Atividade do Kliutchevskoi, na península de Kamtchatka, não apresenta ameaça para os moradores locais.

O maior vulcão da Eurásia, Kliutchevskoi, localizado no Extremo Oriente russo, entrou em erupção, segundo comunicado do centro de pesquisa e desenvolvimento Skanex publicado na última na última terça-feira (27).

As poderosas explosões foram registradas na parte superior do chamado neck vulcânico, isto é, formação geológica de origem vulcânica em forma de cone truncado. As cinzas do vulcão situado na península de Kamtchatka foram expelidas a cerca de 200 a 300 metros de altura no ar, e gás e vapor foram liberados dentro de um intervalo de três a cinco minutos.

Além do intenso fluxo de lama que pode formar com o degelo nas laterais do vulcão, a erupção do Kliutchevskoi não representa uma ameaça para os habitantes locais. Especialistas dizem, no entanto, que a erupção poderia representar uma ameaça para os turistas que visitam o local, bem como para o tráfego aéreo na região.

A última vez que o vulcão entrou em atividade foi em 2010, mas a sua mais poderosa erupção nos últimos anos foi registrada entre janeiro e maio de 2005. Depois disso, o vulcão “afundou” 50 metros, de 4.800 metros para os atuais 4.750 metros.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.