MAKS-2013 celebra 20 anos com shows de esquadrões nacionais e estrangeiros

"Os Grandes Nove", grupo de acrobacia composto pelos "Cavaleiros Russos"  e "Andorinhões", pilotam os caças Su-27 e MiG-29 Foto: Wikipedia

"Os Grandes Nove", grupo de acrobacia composto pelos "Cavaleiros Russos" e "Andorinhões", pilotam os caças Su-27 e MiG-29 Foto: Wikipedia

Salão Aeroespacial Internacional acontece nos arredores de Moscou a partir desta terça-feira (27).

De 27 de agosto a 1° de setembro, a cidade de Jukóvski sedia um dos maiores shows aéreos de todo o mundo, o Salão Aeroespacial Internacional MAKS-2013. A edição deste ano conta com o recorde de mais de mil empresas de 43 países.

Além disso, a MAKS-2013 comemora os 20 anos do evento que se transformou não só na maior arena para demonstração da tecnologia russa no domínio aéreo, mas também se firmou como um ponto de encontro para novas parcerias.

Como já é tradição, o maior patrocinador do salão é a estatal Rostech, que engloba grande parte das maiores empresas do setor aeroespacial russo. Na edição atual, 10 das 13 empresas pertencentes à corporação irão apresentar ao público as suas mais recentes novidades.

A holding Russian Helicopters ocupa o primeiro lugar do mundo em venda de helicópteros militares de ataque. Um a cada seis helicópteros de todo o mundo é construído em suas fábricas.

Entre as atrações da exposição, os visitantes poderão conferir as mais recentes conquistas na área da pilotagem e navegação para o avião MS-21, bem como instrumentos exclusivos para o caça de quinta geração PAK FA (T-50).

Porém, o MAKS não se resume apenas aos encontros de empresários e à assinatura de contratos. Muitos visitantes irão a Jukovski para assistir ao show de acrobacias aéreas de conhecidos esquadrões russos, como Rus, Sókoli Rossíi (Falcões da Rússia), Striji (Andorinhões), Russkie Vitiazi (Cavaleiros Russos), e Berkúti (Águias-reais).  Se não fosse o bastante, a holding Russian Helicopters apresentará pela primeira em voo o helicóptero Ka-62.

Também haverá a apresentação da Força Aérea da China, que voará em caças a jato de produção chinesa, e do Breitling Jet Team, o maior esquadrão de demonstração aérea civil da Europa. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.