Rússia elimina 76% do seu arsenal químico

Rússia cumpriu com êxito as suas obrigações de eliminar os arsenais químicos Foto: ITAR-TASS

Rússia cumpriu com êxito as suas obrigações de eliminar os arsenais químicos Foto: ITAR-TASS

Em conformidade com o programa de metas federais, país liquidou mais de 30 mil toneladas de substâncias tóxicas de combate e 76% dos estoques existentes.

A Pochep é a sexta instalação russa onde o país elimina substâncias tóxicas perigosas. Mais de 17.500 toneladas eram armazenadas ali desde meados do século 20.

Atualmente, mais de 63% das substâncias tóxicas foram eliminadas.

Uma delegação da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW, na sigla em inglês) visitou as instalações e elogiou o trabalho realizado. Os representantes do órgão internacional ressaltaram que o equipamento usado permitia detectar substâncias que podem causar danos ao solo, da água, da flora e da fauna.

O chefe do grupo de inspeção da OPCW disse que a eliminação de armas químicas na Pochep e em outras instalações russas era um processo seguro. “Os profissionais que lidam com esse trabalho na Rússia são altamente qualificados. O grupo não tem quaisquer reclamações ou ressalvas”, disse um funcionário do órgão.

 

Publicado originalmente pela ITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.