Sites e veículos impressos com informações sobre bombas serão suspensos

Indivíduos poderão pagar até US$ 150 se disponibilizarem guias para construção de bombas caseiras Foto: ITAR-TASS

Indivíduos poderão pagar até US$ 150 se disponibilizarem guias para construção de bombas caseiras Foto: ITAR-TASS

O Ministério do Interior da Rússia elaborou um projeto de lei que proíbe a mídia impressa e on-line de disponibilizar guias para fazer explosivos e artefatos explosivos. O ministério tem expectativa que a lei entre em vigor em outubro.

Os infratores das novas normas enfrentará multas consideráveis: entre 4 mil e 5 mil rublos (US$120-150) para pessoas físicas, e de 800 mil a 1 milhão de rublos (US$ 24.200-30.300) no caso de empresas. Além disso, as atividades de organizações que violarem a lei poderão ficar suspensas por até 90 dias.

Se essas violações forem encontradas em um site da internet, o acesso à página que contém as informações será bloqueado. A polícia também receberá permissão para apreender computadores, pen drives e discos rígidos, bem como encerrar o funcionamento do site. No caso de mídia impressa, poderão ser retiradas de circulação todas as cópias de jornais ou revistas.

“O tribunal correspondente vai decidir quais medidas serão impostas e os itens que serão confiscados”, informou a assessoria de imprensa do ministério ao jornal “Izvéstia”.

 

Publicado originalmente pela agência ITAR-TASS

 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.