Io-Auto realiza testes com protótipo do primeiro carro híbrido russo

Modelos Io-Móvel serão os primeiros carros híbridos (funcionarão com gasolina ou gás natural) produzidos na Rússia Foto: ITAR-TASS

Modelos Io-Móvel serão os primeiros carros híbridos (funcionarão com gasolina ou gás natural) produzidos na Rússia Foto: ITAR-TASS

Testes com o Io-Crossover foram feitos nas cercanias de Dmítrov. Previsão é que primeiros modelos da série Io-Móvel cheguem ao mercado em 2015.

A fabricante de carros russa Io-Auto realizou os primeiros testes do protótipo do Io-Crossover nas cercanias da cidade de Dmítrov. Os modelos Io-Móvel da companhia serão os primeiros carros híbridos (funcionarão com gasolina ou gás natural) produzidos no país. Quem está por trás do projeto é o bilionário russo Mikhail Prókhorov.

A produção em larga escala, no entanto, começará somente em 2015, quando deve ser entregue a primeira série de 20 mil Io-Móveis. A produção de até 40 mil unidades anuais está programada apenas para 2018.

Recentemente, a companhia afirmou que revisou a previsão de produção de 90 mil para os atuais 40 mil carros anuais por conta de uma otimização de custos, informou a “Ria Nóvosti”.

Durante os testes, jornalistas puderam não só ver pela primeira vez de perto o equipamento interior do veículo, mas também testá-lo nos circuitos rápido e de de traçado complexo. A repórter de “Voz da Rússia” esteve lá.

Além do lacado bicolor da carroçaria e das rodas e para-choques ostentando o logotipo estilizado da marca, o que logo salta à vista é o fato de o aspecto exterior do carro não apresentar nada de extraordinário. No entanto, uma vez sentada ao volante, percebe-se se tratar de um carro do futuro.

Assentos ajustáveis aconchegantes literalmente envolvem o motorista; um volante rápido, não demasiadamente grande nem pequeno, é ótimo tanto para mãos masculinas como femininas. Finalmente, trata-se de um carro espaçoso.

Todos os comandos –mudança de velocidades, interruptores de acionamento do limpador para-brisas, faróis e outros dispositivos, inclusive os sistemas de áudio e vídeo– encontram-se no volante.

"Nossa missão segue sendo ser o primeiro produtor russo de automóveis híbridos. O que apresentamos agora é a primeira geração de Io-Móveis, o protótipo do veículo a ser produzido em série no futuro. Planejamos criar no mínimo mais duas gerações de protótipos", explicou Andrêi Ginzburg, diretor-geral do programa Io-Auto.

Se o desenho exterior do veículo ainda continua sendo objeto para inspiração dos desenvolvedores, a parte mecânica, caso os testes tenham êxito, permanecerá sem mudanças.

Um dos principais preceitos da filosofia do projeto Io é um motor de combustão interna capaz de utilizar gás natural e gasolina.

O Io-Móvel é dotado de equipamentos de navegação por satélite dos dois sistemas mais desenvolvidos, Glonass e GPS, explica Ginzburg:

"Nosso carro destaca-se por um sistema de comunicações bem desenvolvido. Tem acesso à internet e está ligado ao centro de manutenção, o que possibilita fazer um diagnóstico à distância. Dispõe ainda de funções multimídia e tem conexão bluetooth. Além da navegação, o sistema Glonass permite a comunicação manual ou automática com os serviços de emergência em caso de acidente e acionamento dos airbags."

 

Publicado originalmente pela Voz da Rússia

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.