Rússia e EUA unem esforços contra ameaças espaciais

Foco da reunião foi melhorar a proteção contra meteoritos e outras ameaças espaciais Foto: AFP / EastNews

Foco da reunião foi melhorar a proteção contra meteoritos e outras ameaças espaciais Foto: AFP / EastNews

Governos trabalharão juntos para desenvolver sistemas que visam proteger pessoas e territórios de impactos cósmicos.

A Rússia e os Estados Unidos vão trabalhar juntos para melhorar a proteção contra meteoritos e outras ameaças espaciais, disse o ministro russo para Situações de Emergência nesta terça-feira (25) depois de uma reunião do grupo de trabalho conjunto Rússia-EUA, em Washington.

“Decidimos que a Agência Federal de Gerenciamento de Emergências dos EUA (FEMA) e do Ministério para Situações de Emergência da Rússia vão trabalhar juntos para desenvolver sistemas que visam proteger as pessoas e territórios de impactos cósmicos”, disse o ministro russo Vladímir Puchkov.

A reunião também abordou outros tipos de emergências naturais, como as condições climáticas extremas na Rússia e Estados Unidos ao longo dos últimos anos. Mas foi a cooperação para combater ameaças espaciais que conquistou o centro das atenções durante a coletiva de imprensa.

“Acredito que podemos fazer um grande avanço tecnológico nessa área se o Ministério para Situações de Emergências e o FEMA supervisionarem o projeto, atraindo os melhores cérebros e grupos de pesquisa, incluindo no Canadá, Europa, China e Sudeste Asiático”, acrescentou Puchkov.

Os membros da comunidade científica na Rússia e nos Estados Unidos sugeriram várias abordagens diferentes para combater essa ameaça, desde lançar mísseis balísticos a usar foguetes não tripulados e asteroides em uma espécie de “sinuca no espaço”.

Em 15 de fevereiro, um meteoro entrou na atmosfera da Terra sobre a região de Tcheliábinsk e se partiu a uma altitude de cerca de 5 a 10 km. A explosão destruiu janelas e danificou prédios da região. Além disso, mais de 1.500 pessoas procuraram socorro médico.

No último dia 22, um grande pedaço do meteorito que atingiu a Rússia no início deste ano foi encontrado no fundo do lago Tchebarkul.

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.