Serviço Federal de Segurança posicionará quatro navios de guerra no Ártico até 2020

Medida prevê instalação de unidades militares e de guarda costeira Foto: Ministério da Defesa da Rússia / Press Photo

Medida prevê instalação de unidades militares e de guarda costeira Foto: Ministério da Defesa da Rússia / Press Photo

Arsenal ajudará a proteger os interesses políticos e econômicos do país na região.

A divisão da guarda costeira do Serviço Federal de Segurança (FSB) vai distribuir quatro novos navios de guerra para proteger a zona ártica do país até 2020, informou a assessoria de imprensa do órgão nesta segunda-feira (27).

“Onze instalações de proteção de fronteira serão construídas no Ártico, enquanto sistemas de vigilância automatizados serão implantados na área como parte do programa de Proteção das Fronteiras entre 2012 e 2020”, disse um representante do FSB.

A Rússia fixou a meta de implantar um arsenal no Ártico até 2020 para proteger os seus interesses políticos e econômicos na região, incluindo unidades militares e de guarda costeira.

O vice-premiê Dmítri Rogózin declarou no final do ano passado que o país corre o risco de perder a sua soberania até meados do século 21 se não defender os seus interesses nacionais no Ártico nos dias de hoje.

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.