Kremlin ganha heliponto para veículos oficiais

Pútin já se desculpou publicamente pelo congestionamento causado pelas comitivas presidenciais Source: ITAR-TASS

Pútin já se desculpou publicamente pelo congestionamento causado pelas comitivas presidenciais Source: ITAR-TASS

Objetivo é reduzir o impacto no trânsito causado pela circulação dos carros das autoridades do Estado.

Um heliponto capaz de receber helicópteros de diferentes portes em qualquer época do ano foi construído atrás das muralhas do Kremlin, em pleno centro de Moscou. é reduzir o impacto no trânsito causado pela circulação dos veículos das autoridades do Estado.

O heliponto, com uma área total de 4.162 m2, foi construído em uma zona histórica nas imediações do jardim Tainítski e, portanto, recebeu aprovação do Ministério da Cultura.

Fontes do Departamento de Patrimônio da Presidência garantiram que os voos de helicópteros não irão prejudicar as muralhas nem edifícios históricos do Kremlin, pois serão instalados sensores especiais nas torres adjacentes.

O custo para concepção, estudo, modelagem e construção do projeto girou em torno de R$ 13 milhões, informou ao jornal “Izvéstia” o diretor do departamento citado, Vladímir Kóguin.

Com isso, pretende-se reduzir o impacto no trânsito causado pela circulação dos carros das autoridades do Estado.

A viagem de helicóptero entre o aeroporto de Vnúkovo, por onde as autoridades russas e estrangeiras chegam à cidade, e o Kremlin dura entre 5 e 7 minutos, tirando o tempo de decolagem e pouso.

“A hipótese de usar esse mesmo meio de transporte pelos líderes de outros países durante sua visita à Rússia também está sendo estudada”, acrescentou Kóguin. “Entretanto, muita coisa vai depender do protocolo diplomático e das regras cerimonias de outros países.” Por exemplo, o líder chinês não pode usar helicópteros durante suas viagens internacionais por razões de segurança.

O presidente Vladímir Pútin vai sobrevoar Moscou usando helicópteros pesados Mi-8, enquanto o premiê Dmítri Medvedev utilizará um helicóptero italiano leve Agusta AW-139.

 

Publicado originalmente pelo Izvéstia

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.