Quase 80 mil inscritos desejam se mudar para Marte

Foto: ESA / Press Photo

Foto: ESA / Press Photo

Solicitações para participar do programa de reassentamento em Marte foram enviadas por cidadãos de 120 países.

Desde o último dia 22, data em que abriram as inscrições para o projeto elaborado pela organização holandesa sem fins lucrativos Mars One, foram recebidos 17.324 pedidos de norte-americanos, seguidos por chineses (10.241) e britânicos (3.581). Entre os dez países cujos cidadãos enviaram maior número de solicitações também estão Rússia, México, Brasil, Canadá, Colômbia, Argentina e Índia.

Segundo Bas Lansdorp, diretor-executivo e cofundador da Mars One, a empresa espera receber até 500 mil candidaturas até 31 de agosto, quando será encerrado o processo de inscrições.

Por meio desse programa, a Mars One pretende desembarcar quatro vencedores no planeta vermelho em 2023. A cada dois anos, os organizadores planejam enviar novos astronautas para aumentar a colônia em Marte.

Os custos da empresa para o reassentamento dos primeiros colonos são estimados em US$ 6 bilhões e, para cobrir as despesas posteriores, será desenvolvido um reality show sobre os primeiros anos de existência da colônia.

Os participantes devem ter, no mínimo, 18 anos de idade. Para se candidatar, é necessário enviar um vídeo de um minuto falando sobre o desejo de chegar a Marte, bem como pagar uma taxa de inscrição que varia de US$ 5 a US$ 75 (dependendo do grau de prosperidade do país do candidato).

 

Publicado originalmente no Forbes.ru

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.