Ciclo de cinema | Mundo em ficção

De 5 a 19 de maio, loja AMP, São Paulo - SP

De 5 a 19 de maio, loja AMP, São Paulo - SP

No Ciclo de cinema | Mundo em ficção, os três países se mesclam em uma rica e densa mostra de filmes que perpassa a cultura e temática da Rússia, França e Estados Unidos. E ainda vai além: conta com um background literário de três grandes volumes de autores-ícone dos países em holofote, com contos e romances não só de renome, mas também de peso. Ao todo são 92 textos reunidos em “Os russos”, “Os franceses” e “Os americanos”, nossos lançamentos do mês de maio.
A mostra em três módulos abre-se com OS RUSSOS, de 05 a 19 de maio; segue para OS FRANCESES, de 26 a 09 de junho; e termina com OS AMERICANOS, de 16 a 30 de junho. Todos os filmes serão exibidos nas quintas-feiras de maio a junho, sempre às 20h30, no Espaço Hedra + AMP.

Retirada de ingresso do PRIMEIRO MÓDULO do ciclo nos dias das sessões [05, 12 e 19/05], na loja da AMP – primeiro andar do prédio. A distribuição se dará até as 20h00 ou até o esgotamento dos ingressos. Sujeito a lotação. A entrada é franca.

Mais informações: facebook.com/events/226392437751079/

Programação:

MÓDULO 1 | OS RUSSOS

05/05 PARTNER
20h30
Direção | Bernardo Bertolucci
Ano | 1968
Elenco | Pierre Clémenti, Tina Aumont, Sergio Tofano
Descrição | Realizado durante o auge do movimento estudantil de 1968, “Partner” é um dos filmes mais radicais do cineasta italiano Bernardo Bertolucci. Baseado em “O duplo”, de Dostoiévski, conta a história de Jacob, um estudante com convicções revolucionárias cuja existência reclusa é abalada pelo surgimento de seu duplo. Influenciado por Marx, Freud e Godard, “Partner” é um fascinante filme-manifesto que capta os principais dilemas da geração de 68. 

12/05 DONZOKO
20h30
Direção | Akira Kurosawa
Ano | 1957
Elenco | Toshirō Mifune, Isuzu Yamada, Kyôko Kagawa
Descrição | Donzoko (どん底), traduzido para o português como “Ralé”, é um filme de Akira Kurosawa com base fiel na peça “O submundo”, de Maksim Górki. Ambientado em um cortiço durante o período Edo japonês, introduz a trama de um grupo de miseráveis que moram em uma pensão suja e em péssimas condições. Os inquilinos têm desejos impossíveis de serem realizados frente à crueza de sua realidade – a despeito de seu acúmulo quase infantil de esperanças em meio a tudo isso.

19/05 A MÃE
20h30
Direção | Vsevolod Pudovkin
Ano | 1926
Elenco | Vera Baranovskaya, Nikolai Batalov, Aleksandr Chistyakov
Descrição | Um dos filmes mais importantes da vanguarda russa no cinema, “A mãe”, é a obra-prima que consagrou Pudovkin, ao lado de Eisenstein, um dos maiores cineastas soviéticos. Adaptação do romance de Maksim Górki, narra a história de Niovna-Vlasova e seu marido, um ferreiro alcoólatra, morto acidentalmente por um militante, amigo do seu filho. A viúva, tentando agir da forma correta, ajuda os investigadores.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.