2° Mostra de Cinema Soviético e Pós-Soviético Mosfilm

De 3 a 9 de dezembro, Cinemateca, São Paulo-SP

3/12 (qui)

20h30: Abertura e exibição do filme "O caminho para Berlim" (Serguêi Popov, 2015)

Sinopse: Condenado ao fuzilamento, tenente russo tem oportunidade de escapar, enquanto cruza a estepe até o posto de comando escoltado por um soldado cazaque. Baseado em escritos de Konstantin Símonov e Emmanuil Kazakevich, o filme foi lançado por ocasião do 70º aniversário da vitória do Exército Vermelho sobre o nazismo.

04/12 (sex.)

19h30: "A Filha Americana" (Karen Shakhnazarov, 1995)

Sinopse: Abandonado pela mulher que decide viver com americano rico no país do Tio Sam, músico russo vai ao seu encontro, dez anos mais tarde, visando restabelecer os laços com a filha pré-adolescente.

21h30: Debate com representante do Mosfilm

05/12 (sáb.)

17h30: "Aventuras Extraordinárias de Mr. West no País dos Bolcheviques" (Lev Kulechov, 1924)

Mestre de Eisenstein e Pudôvkin, Kulechov, explorava a técnica de justaposição das imagens para exprimir conceitos e emoções, valorizando a montagem como o ápice da criação cinematográfica desde o início dos anos 20.

19h30: "Tratoristas" (Ivan Piriev, 1939)

Sinopse: De volta da guerra no Extremo Oriente, piloto de tanque se apaixona pela líder de uma equipe de tratoristas. A música-tema que acompanha os créditos da comédia musical tornou-se um sucesso popular.

21h00: "Lênin em 1918" (Mikhail Romm, 1939)

Sinopse: Na continuação de seu “Lênin em Outubro”, Romm enfoca o atentado contra o líder bolchevique, voltando a conjugar personagens reais e fictícios em uma trama que transporta o espectador ao centro dos acontecimentos.

06/12 (dom.)

17h00: "História de um homem de verdade" (Aleksandr Stolper, 1948)

Sinopse: Piloto cai em território inimigo, mas não se rende. Gravemente ferido, regressa às fileiras e, após um ano de trabalho para se adaptar às próteses nas duas pernas, volta a voar, completando 86 missões de combate. Os feitos de Aleksêi Maresiev foram também celebrados no romance de Boris Polevôi e na ópera de Prokôfiev em 1946 e 1948.

19h00: "O cavaleiro da estrela de ouro" (Iuli Raizman, 1950)

Sinopse: Veterano da Segunda Guerra Mundial retorna à terra natal e se engaja na luta pela implantação de um plano para a reconstrução de toda a região. Arrojado e polêmico, o projeto divide as opiniões. Baseado no romance homônimo de Semion Babaievski.

07/12 (seg.)

19h00 – "Braço de diamante" (Leonid Gaidai, 1968)

Sinopse: No clássico de Gaidai, homem em viagem cai e quebra o braço e acaba na mão de trapaceiros que conseguem colocar joias em seu gesso para transportá-las ilegalmente.

21h00: "A vida é maravilhosa" (Grigóry Chukhrai, 1979)

Sinopse: Vinte anos depois de “A Balada do Soldado”, Chukhrai dirige a coprodução soviético-italiana estrelada por Giancarlo Giannini sobre um piloto que só queria levar uma vida tranquila, sem se envolver em política, em um mundo conturbado.

08/12 (ter.)

19h30: "Vassa" (Gleb Panfilov, 1983)

Sinopse: Escrita por Maksim Górki em 1910 e reescrita em 1935, a peça “Vassa Zhelêznova” foi a primeira incursão de Panfilov no universo do renomado escritor soviético. Em 1989, ele dirigiria “A Mãe”, também com Irina Churikova no papel-título.

09/12 (qua.)

19h00: "A cidade dos ventos" (Karen Shakhnazarov, 2008)

Sinopse:  Na década de 1970, universitário “dissidente” disputa com amigo comunista o amor da doce Liuda, enquanto o entusiasmo socialista na URSS vai sofrendo uma gradual, porém contínua, erosão.

21h00: "O caminho para Berlim" (Serguêi Popov, 2015)

Sinopse: Condenado ao fuzilamento, tenente russo tem oportunidade de escapar, enquanto cruza a estepe até o posto de comando escoltado por um soldado cazaque. Baseado em escritos de Konstantin Símonov e Emmanuil Kazakevich, o filme foi lançado por ocasião do 70º aniversário da vitória do Exército Vermelho sobre o nazismo.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.