País emitirá obrigações em moedas do Brics

Medvedev: "Com as restrições de acesso ao financiamento, essa nova fonte de empréstimos alternativos é bastante relevante".

Medvedev: "Com as restrições de acesso ao financiamento, essa nova fonte de empréstimos alternativos é bastante relevante".

Dmitry Astakhov / TASS
Rússia poderá emitir títulos de empréstimos federais em reais, entre outras moedas

O primeiro-ministro russo Dmítri Medvedev assinou um decreto permitindo a emissão de títulos de empréstimos federais em moedas dos países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) e da SCO (Organização de Cooperação de Xangai).

“Esse decreto altera as condições de emissão e circulação de obrigações federais. Permitiremos emitir títulos não só em rublos, mas também em moedas nacionais dos nossos parceiros, ou seja, dos países do Brics e da SCO”, declarou Medvedev.

"Com as restrições de acesso ao financiamento, essa nova fonte de empréstimos alternativos é bastante relevante. É estrategicamente importante emitir novos instrumentos de empréstimos que são regulados pela legislação russa com apoio das instituições financeiras russas", completou.

Economistas explicam que, apesar do desempenho fraco neste ano, o yuan chinês será a moeda mais promissora. O yuan também foi incluído recentemente na cesta de moedas de reserva do Fundo Monetário Internacional.

Com informações da agencia TASS e dos portais Gazeta.Ru e Vestifinance.Ru.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.