Banco dos Brics pretende emitir US$ 1 bilhão em títulos em yuans

Uso de moedas locais nos empréstimos evitará perdas desnecessárias em conversões.

Uso de moedas locais nos empréstimos evitará perdas desnecessárias em conversões.

Alamy / Legion-Media
Fundos serão usados para financiar primeiros projetos infraestruturais dos países-membros do grupo.

A diretora do departamento de mercados mundiais e em desenvolvimento do Banco de Desenvolvimento dos Brics, Vuelva Vumendlini-Shalk, anunciou, na última sexta-feira (18), que planeja lançar no mercado o equivalente a um bilhão de dólares em títulos em yuans para financiar os primeiros projetos infraestruturais dos países-membros do grupo.

De acordo com ela, serão projetos ecológicos de custo superior a US$ 100 milhões cada que devem se iniciar já entre abril e maio.

"Para financiar esses projetos, o Novo Banco lançou títulos 'verdes' em yuans em um total equivalente a US$ 1 bilhão", disse.

Ela ressaltou que as obrigações do banco poderão ser de interesse de investidores chineses, já que a organização de crédito tem classificação AAA de duas agências chinesas, a China Lianhe Credit Rating e a China Chengxin International.

Shalk ainda relembrou que o Novo Banco irá financiar projetos em moedas nacionais dos países-membros para evitar perdas nas conversões.

No final de fevereiro, o ministro das finanças da Rússia,Anton Siluanov, já havia dito a jornalistas que o banco planejava entrar no mercado com empréstimos em moedas locais para financiar os projetos de investimentos.

O presidente do Novo Banco, Kundapur Vamn Kamatkh também declarou que o primeiro crédito do banco estará aprovado em abril de 2016 em yuans.

Originalmente publicado pela agência de notícias Tass.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.