Minha infância soviética

Lembro que fazia umas roupinhas de meias velhas para essa boneca desproporcional...

Lembro que fazia umas roupinhas de meias velhas para essa boneca desproporcional...

A ideia deste blog nasceu a partir de diferenças culturais entre Rússia e Brasil. Nesse espaço, eu queria colocar outras diferenças e também semelhanças e curiosidades que eu encontro no meu dia dia sendo russa morando no Brasil.

Quando lembro da minha infância, me vem na cabeça uma velha piada…

Em uma escola soviética:

Professora: “Onde vivem as crianças mais felizes do mundo?”
Alunos: “Na União Soviética!”
P.: “Onde que é o sorvete mais gostoso do mundo?”
Alunos: “Na União Soviética!”
P.: “Onde que são os brinquedos mais bonitos do mundo?”
Alunos: “Na União Soviética!”
Um menino no fundo da sala começou a chorar.
P.: “O que que foi?”
Menino: “Quero morar na União Soviética!”

Enfim, vocês entenderam, né? Rs. Só comi o melhor sorvete e tive melhores brinquedos bem depois da perestroika. Aliás, meu sonho era ter uma Barbie de verdade, aquela boneca linda e importada. Mas, a minha mãe me comprou uma boneca careca e pançuda, rs. É o que tinha nas lojas naquela época. Lembro que fazia umas roupinhas de meias velhas para essa boneca desproporcional.

Mas não eram só bonecas na minha infância. Separei alguns outros que me marcaram, e marcaram a vida de muitas crianças soviéticas.

Essa sou eu, bebezinha, e do meu lado está meu amigo Tigrão, “made in USSR”. Eu gostava tanto dele!

É isso gente! E que brinquedos vocês tinham na infância aqui no Brasil?

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.