JBS poderá produzir carne em Rostov no Don

Com produção em Rostov, companhias poderão aumentar competitividade de fornecimento A CEI, Oriente Médio, África e Ásia.

Com produção em Rostov, companhias poderão aumentar competitividade de fornecimento A CEI, Oriente Médio, África e Ásia.

Negociações ocorreram durante a Sial Paris, na França, neste mês.

A companhia brasileira JBS está analisando a possibilidade de iniciar sua produção de ovinos e bovinos na unidade federativa de Rostov, de acordo com notícia publicada na última quarta-feira (20) pelo site NewsDelo.Ru.

Segundo o veículo, a holandesa Van Drie Group também estaria prospectando as possibilidades para a produção de vitela na região.

A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do governo da região após a participação das empresas na exposição internacional de produção alimentícia "Sial Paris", que ocorreu entre 16 e 20 de outubro na França.

A regionalização da produção da JBS deverá ser colocada em prática a partir de 2018, seguindo documentos assinados por essa, de acordo com a Agência de Investimentos em Desenvolvimento da Região de Rostov.

Já a holandesa Van Drie Group discutiu com a delegação de Rostov durante o evento a produção de vitela na região.

"A região de Rostov é uma das melhores na Europa e na Rússia para a realização de projetos no campo de complexos agropecuários e da indústria agropecuária. Por isso, sugerimos aos principais produtores mundiais de carne que analisassem bem essa possibilidade e seu potencial, que apresentamos durante a exposição Sial Paris. A JBS e a Van Drie Group também compartilham da opinião de que a região de Rostov é, realmente, um ponto atraente não só para o mercado russo, mas também para a exportação a países da CEI, do Oriente Médio, do Norte da África e do Sudeste da Ásia. Além disso, as despesas ali também são menores que no Leste Europeu, nossa capacidade de concorrência é alta e os impostos, baixos", explicou o diretor-geral da Agência de Investimentos em Desenvolvimento da Região de Rostov, Ígor Burakov.

Com material do site NewsDelo.Ru.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.