Delegação russa reforça esquema de segurança na Rio-2016

Vista aérea da praça Mauá, com letreiro #cidadeolimpica e Museu do Amanhã

Vista aérea da praça Mauá, com letreiro #cidadeolimpica e Museu do Amanhã

Beth Santos/Prefeitura do Rio de Janeiro
Países, que em breve sediarão eventos esportivos de grande porte, trocam tecnologias e experiência para aumentar segurança durante os torneios.

Delegações da Rússia e do Brasil estão ativamente compartilhando experiências e tecnologias garantir a segurança nos próximos Jogos Olímpicos, que serão realizados no Rio de Janeiro entre 5 e 21 de agosto.

“Os laços humanitários, culturais e esportivos são importantes áreas de cooperação da Rússia com os países da América Latina e do Caribe, especialmente considerando o fato de que os Jogos Olímpicos serão realizados no Brasil este ano”, declarou à agência Tass o chefe do departamento para América Latina no Ministério de Relações Exteriores russo, Aleksandr Schetínin.

A prioridade da relação entre os grupos esportivos é, segundo Schetínin, “garantir o nível necessário de segurança durante os Jogos no Rio, incluindo questões técnicas, as quais a Rússia tem maior experiência”.

“Os brasileiros e nós estamos organizando torneios esportivos simultaneamente – a Copas do Mundo da Fifa, os Jogos Olímpicos e os Mundiais Estudantis”, acrescentou o diplomata.

“Portanto, a troca de experiências na organização de torneios esportivos de grande escala tornou-se uma área importante da cooperação russo-brasileira.”

Com material da agência de notícias Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.