Unesp fecha acordo para intercâmbio de verão em São Petersburgo

Cultura e inovação formam base de programa de intercâmbio

Cultura e inovação formam base de programa de intercâmbio

PhotoXPress
Projeto prevê intercâmbio de universitários brasileiros durante o próximo verão russo, em meados de 2016. Uma segunda escola de verão será definida por organizadores do Brasil.

Um grupo de trabalho formado pela Associação Russa de Universidades Globais e da Associação Brasileira de Educação Internacional (Faubai) se reuniu em Glasgow, na Escócia, onde foi alcançado um acordo para a realização de duas escolas de verão, na metade de 2016.  O memorando de entendimento já havia sido assinado entre as associações em maio deste ano.

O projeto, que tem parceria da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e das universidades federais de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul, entre outras, oferecerá aos alunos a possibilidade de conhecer a sociedade, a cultura e as tendências inovadoras nos dois países.

Sob o lema “Rússia e Brasil: Cultura, Sociedade e Inovação”, uma das escolas irá funcionar em São Petersburgo, e a outra, em lugar a ser definido pelos organizadores brasileiros.

O encontro, comandado do lado russo por representantes do Instituto de Engenharia Física de Moscou, da Escola Superior de Economia e da Universidade Politécnica de São Petersburgo, entre outros, aconteceu às margens da conferência geral da Associação Europeia para a Educação Internacional (EAIE, na sigla em inglês).

Com material dos veículos strf.ru e ug.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.