Ciência Sem Fronteiras terá mil bolsas para Rússia

Universitários brasileiros terão mais vagas à disposição na Rússia por meio de programa

Universitários brasileiros terão mais vagas à disposição na Rússia por meio de programa

ITAR-TASS
Novidade foi anunciada pelo vice-presidente Michel Temer em visita oficial a Moscou.

Em visita oficial à capital russa para a sétima Comissão de Alto Nível Brasil-Rússia, o vice presidente Michel Temer fechou seu discurso de conclusão do encontro na quarta-feira (16) com fala a favor Ciência sem Fronteiras.

O incremento do programa pode ter sido uma das maiores vitórias da viagem. Por meio dele, agora 1.000 estudantes brasileiros deverão receber bolsas para estudar em Moscou, segundo o vice-presidente.

"Tive a satisfação de receber apoio aqui na Rússia, que abre um campo para mil estudantes."

Outros avanços
 

Entre outros acordos tratados durante a visita, que teve em sua comitiva ainda cinco ministros, houve avanços em setores que vão desde a cooperação espacial com o Roscosmos para a busca de detritos espaciais, a instalação da terceira estação do sistema de navegação Glonass no Brasil e o incremento das relações com a agência de energia atômica Rosatom até a abertura de escritório por essa no Rio de Janeiro e o intercâmbio na realização de eventos esportivos.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.