Atacante brasileiro Vágner Love pode voltar ao futebol russo

Vágner Love na Rússia. Foto: RIA Nóvosti

Vágner Love na Rússia. Foto: RIA Nóvosti

Outro ex-jogador do CSKA, Dudu, também está interessado em retornar à Rússia. No último verão, o brasileiro treinou por cerca de um mês com a equipe, mas não chegou a assinar o contrato.

Após assinar com o brasileiro Renan Bressan, naturalizado bielo-russo, e com o bósnio Ognjen Vranješ, o presidente e treinador do Alânia Vladikavkaz, Valeri Gazzaev, pretende reforçar o elenco com nomes de peso, entre os quais o atacante do Flamengo, Vágner Love, de 28 anos, e o meia do Goiás, Dudu, de 29 anos.

A saída de Love do Flamengo já está praticamente definida. O novo presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, se dispõe a vender o jogador mais bem pago do clube para contratar Robinho, do Milan.

Love apoiou a candidatura da ex-presidente Patricia Amorim à reeleição, mas a torcida votou em Mello. Sob Patrícia Amorim, o clube ficou atolado em dívidas.

Segundo o agente do atacante brasileiro, Evandro Ferreira, Love é cobiçado por dois clubes russos. Em 2008, com 20 gols marcados, Love foi o artilheiro do campeonato russo e, na temporada de 2008-2009, com 11 gols, da Copa da UEFA.

"Ele está mantendo conversas com o Alânia e o CSKA. Agora é difícil fazer quaisquer previsões. Tudo depende da posição do Flamengo, que pode segurar um de seus líderes. Espero que, em breve, tenhamos a possibilidade de falar com a nova  presidência do Flamengo para ver se ele deve ficar ou buscar um outro clube. O destino do jogador será decidido em algumas semanas", disse o agente do brasileiro.

Em recente entrevista à imprensa, o presidente do CSKA, Evgêni Guiner, descartou a hipótese de transferência de Love para o clube. Logo, resta o Alânia, que precisa de um goleador.

Outro ex-jogador do CSKA, Dudu, também está interessado em retornar à Rússia. No último verão, o brasileiro treinou por cerca de um mês com a equipe, mas não chegou a assinar o contrato.

De acordo com o agente do jogador, Marcos Beck, Dudu pode retornar à Rússia já na próxima janela de transferências.

"Dudu está pronto para voltar à Rússia", disse Beck. "Ele tem boas recordações de Moscou e do tempo que passou na Europa Oriental. Temos excelentes relações com Valeri Gazzaev. Estamos em contato com ele."

No CSKA, sob Gazzaev, os dois brasileiros ganharam a Copa da UEFA de 2004-2005, venceram duas vezes o Campeonato russo (em 2005 e 2006), a Copa e a Super Copa da Rússia e foram convocados para a seleção brasileira. Love fez 251 jogos no campeonato russo e marcou 117 gols, enquanto Dudu jogou 74 partidas e marcou 17 gols.

"Os brasileiros foram muito bem no CSKA e quando eles deixaram o clube, nosso futebol perdeu seu brilho. Isso se tornou especialmente visível após a saída de Vágner”, disse disse o ex-jogador da seleção soviética e campeão da URSS, Evguêni Lovchev.  

Na seleção brasileira, Love tem 20 jogos e cinco gols, enquanto Dudu jogou 14 partidas e marcou um gol.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.