Spartak Moscou é a marca mais cara de futebol da Rússia, segundo consultoria

A marca comercial do clube de futebol Spartak Moscou foi reconhecida como a mais cara entre todos os clubes russos, avaliada em cerca de € 61 milhões, de acordo com análise feita pela consultoria PwC.

O Spartak Moscou é a marca mais cara entre times de futebol russos e ucranianos, avaliada em € 60,8 milhões.

A análise foi feita pela consultoria PwC, que analisou as marcas comerciais dos maiores clubes de futebol dos dois países.

O valor da marca leva em conta a capacidade de um clube de aumentar a base de torcida e suas receitas por meio da oferta de novos serviços aos torcedores e maior conforto no estádio.

A inauguração do novo estádio do Spartak, em Túchino, em 2014, permitirá ao clube aumentar significativamente seu potencial de publicidade. O potencial da marca é considerado aproveitado quando um clube realiza um trabalho sistêmico em termos de interação com a torcida e de marketing e desenvolvimento de atividades comerciais.

Para fins de análise do valor da marca, a PwC desenvolveu um modelo financeiro detalhado para o clube para que a diretoria do Spartak possa realizar um planejamento a longo prazo e acompanhar a execução das metas estratégicas traçadas pelos acionistas, diz comunicado do time vermelho-branco.

O segundo lugar ficou com o Zenit São Petersburgo, cuja marca comercial foi avaliada em € 56 milhões. O CSKA, com € 32 milhões, fecha a lista dos três clubes mais caros da Rússia.

O FC Spartak foi fundado em 18 de abril de 1922 e é o clube mais popular e mais premiado do país. Foi 12 vezes campeão da URSS, nove da Rússia, três vezes da Copa da Rússia e dez vezes da Copa da URSS.

 

Para ler o artigo original em russo, acesse: http://www.rg.ru/2012/12/17/spartak-site.html

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.