Feiras de Natal alegram Moscou

Foto: PhotoXpress

Foto: PhotoXpress

A mais incomum delas, a Feira de Estrasburgo, será solenemente inaugurada na Praça Manejnaia no dia 23. A cerimônia terá a participação do prefeito de Estrasburgo, Roland Rees. No dia seguinte, a feira abrirá as portas ao público.

Vinho quente, gelatina no palito, Papai Noel de chocolate e outras iguarias marcam as feiras de Natal em Moscou. Este ano, a cidade terá mais de uma centena delas para comemorar a data, onde os visitantes poderão desfrutar da atmosfera das festas mais apreciadas pelos russos, as de Ano-Novo e de Natal.

A mais incomum delas, a Feira de Estrasburgo, será solenemente inaugurada na Praça Manejnaia no dia 23. A cerimônia terá a participação do prefeito de Estrasburgo, Roland Rees. No dia seguinte, a feira abrirá as portas ao público.

Em frente ao Kremlin, serão instalados cerca de vinte 20 chalés de madeira parecidos com aqueles exibidos em um comercial da Coca-Cola. A ideia é recriar o ambiente de uma feira de Natal tradicional europeia. Ali, será possível comprar presentes, souvenires, árvores de Natal, brinquedos, doces franceses, entre outros. Para quem não tiver a possibilidade de ir à Europa nas férias de Natal, essa será uma boa alternativa.

Além disso, o Centro Nacional de Exposições, no noroeste de Moscou, aloja várias feiras  agrupadas em uma vila composta por 50 casinhas de madeira com as janelas guarnecidas por alizares decorados com talha. São lojas de brinquedos pintados, luvas quentes, pães de mel e outros acessórios natalinos. Outras casas abrigam cafés, onde se pode beber chá, vinho quente com canela ou algo mais forte. Os interessados em ver como se fazem presentes à mão podem assistir a uma aula master, em que terão a oportunidade de aprender a fazer enfeites natalinos, pôr a mesa festiva etc.

À volta da Fonte Amizade dos Povos será montada uma pista de patinação no gelo ao ar livre, com uma área de dez mil metros quadrados. As Feiras de Natal no Centro Nacional de Exposições estão abertas desde 24 de novembro.

Já entre os dias 22 e 30, o Parque Sokólniki (estação de metrô Sokólniki, no noroeste de Moscou) dá espaço a uma Feira de Natal que recria o ambiente de feiras franceses, alemãs, belgas e austríacas. Ali, será possível comprar não só artesanato e presentes tradicionais de Natal, mas também objetos de cristal, peles e até roupas de grife. Os visitantes terão a oportunidade de assistir a aulas de culinária, bordado, florística, entre outras. Além disso, o Parque Sokólniki tem um restaurante chamado Café do Fazendeiro, onde são servidos pratos feitos com produtos ecologicamente corretos.

A feira promovida pela revista Season no Parque Sad-Hermitagem, na rua Karetni Riad, no centro de  Moscou, pode passar despercebida para aqueles que não estiverem informados do evento de antemão. O evento, em sua 4ª edição, ocorre apenas nos dias 22 e 23 e ocupa o espaço do Parque em que se alinham mais de 50 lojas de brinquedos, enfeites e outros objetos de artesanato. Cafés que servem vinho quente e pães de mel, uma pista de patinação no gelo ao ar livre, batalhas de bolas de neve e trenós farão a festa de todos. O ingresso, para adultos, é de 350 rublos (cerca de US$ 11). Crianças de até 10 anos não pagam. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.