Exportação de armamento russo bate recorde de US$14 bi

Foto: uvz.ru

Foto: uvz.ru

Após anunciar superação da meta anual, presidente Vladímir Pútin declara desejo de “abrir caminho” em novos mercados.

O valor referente à exportação de armamento russo em 2012 alcançou a cifra recorde de US$ 14 bilhões, declarou o presidente russo Vladímir Putin nesta segunda-feira (17).

“Desse modo, superamos a meta para o ano”, disse Pútin a uma reunião da Comissão para Cooperação Técnico-Militar da Rússia.

De acordo com o plano para 2012, a Rússia tive previsto exportar o equivalente a US$ 13,5 bilhões. No ano passado, as exportações de armamento e material bélico totalizaram US$ 13,2 bi.

O chefe de Estado ressaltou as mudanças qualitativas na cooperação técnico-militar, sobretudo a produção conjunta de armamento e os esforços para recuperar as posições no mercado de serviços de modernização e reparo de armamento.

“Isso tudo é importante para reforçar a posição da Rússia em nossos mercados tradicionais, além de que participar do processo de reparo e modernização permite acumular um grande volume de encomendas”, continuou Pútin.

O presidente pediu aos participantes da reunião para promover vigorosamente as armas russas no mercado mundial.

“A Rússia vai continuar sua cooperação técnico-militar com os parceiros tradicionais, mas é também importante abrir caminho em novos mercados e ampliar a lista de produtos e serviços”, concluiu o chefe de Estado russo.

Publicado originalmente pela agência RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.