Onda de frio extremo atinge a Rússia

Foto: Reuters

Foto: Reuters

Na região de Krasnoiarsk, termômetros atingiram -48ºC, enquanto nas regiões de Omsk, Tomsk, Kemerovo e Novosibirsk a temperatura baixou para -43ºC. Em Cheliabinsk, frio alcançou os -36ºC.

Uma onda de frio extremo atingiu a Rússia nos últimos dias. Na região de Krasnoiarsk os termômetros atingiram -48ºC, enquanto nas regiões de Omsk, Tomsk, Kemerovo e Novosibirsk, a temperatura baixou para -43ºC. Em Cheliabinsk, o frio alcançou os -36ºC.

Aulas foram canceladas em muitas escolas.

Nas casas, as canalizações também sofrem com as temperaturas negativas. Em Novosibirsk, uma ruptura de canos deixou 1.500 pessoas sem água quente.

Além disso, uma espessa neblina gelada fechou aeroportos, prejudicando também o trânsito nas rodovias e ferrovias. Em alguns lugares, a visibilidade é de apenas 500 metros, podendo chegar a 200 metros.

Segundo a previsão do tempo, o frio intenso na Sibéria irá permanecer pelo menos até o final de semana. O tempo só melhorará depois de 18 de dezembro.

Publicado originalmente no site da rádio Voz da Rússia

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.