Russos planejam gastar mais no Natal

Foto: RIA Nóvosti

Foto: RIA Nóvosti

Enquanto a maioria dos países europeus pensam em reduzir suas despesas para o próximo Natal, os russos deverão fazer exatamente o contrário.

Em média, os cidadãos russos estão pensando em gastar cerca de 15.270 rublos (R$ 1.024) nas festas de fim de ano, valor 8,6% superior ao ano passado, revelaram os pesquisadores da Deloitte citados pelo jornal russo “Vedomosti”.

Porém, embora o orçamento médio para presentes de 6.950 rublos (R$ 471) será provavelmente gasto com cosméticos e chocolates, como confessaram 42% e 38% dos entrevistados, respectivamente, os próprios russos disseram preferir presentes mais substanciais.

Dinheiro foi citado pela maioria (56%) como o presente ideal, seguido por viagens e um novo smartphone.

Em geral, os gastos com presentes e alimentos devem crescer 7,1% e 6,8%, respectivamente, de acordo com a pesquisa, enquanto as despesas com entretenimento irão aumentar 17,9% em comparação com 2011.

Irlanda X Grécia

Na Europa, o orçamento geral para as festas de fim de ano foi mais alto do que na Rússia, chegando a 590,90 euros (R$ 1.585) por pessoa, embora essa marca seja 0,8% inferior a 2011.

Foi constatado que a crise na zona euro tem forçado as pessoas em Portugal e na Grécia a cortar suas gastos nas festas em 13,5% e 16,2%, respectivamente.

Os irlandeses, no entanto, não acham que a recessão deve estragar a festa de Natal e planejam gastar o equivalente a 965,80 euros (R$ 2.591) durante a celebração do feriado, mais do que qualquer outro país europeu. Os suíços são os próximos na lista dos lugares mais generosos da Europa.

A pesquisa foi realizada em 18 países da Europa Ocidental e Oriental.

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.