Brasileiro Hulk diz querer deixar Zenit

Durante a partida contra o Milan, Hulk (à dir.) se recusou a estender a mão a Spalletti (à esq.) quando foi substituído, no final do segundo tempo.Foto: RIA Nóvosti

Durante a partida contra o Milan, Hulk (à dir.) se recusou a estender a mão a Spalletti (à esq.) quando foi substituído, no final do segundo tempo.Foto: RIA Nóvosti

Atacante não gostou de ser substituído por Luciano Spalletti no segundo da tempo da partida do clube russo contra o Milan, da Itália, pela Liga Europa.

O jogador brasileiro Hulk, o mais caro do clube russo Zenit, de São Petersburgo, da seleção brasileira de futebol, declarou ontem, após partida contra o Milan pela Liga Europa, que sua saída da equipe russa é possível se o relacionamento entre ele e o técnico Luciano Spalletti não melhorar.

“Eu me sinto bem em São Petersburgo, minha família está bem e meu filho também. Mas se a situação com Spalletti não se resolver, posso ir embora em janeiro. Eu não sei se a Itália será meu destino, mas tudo pode acontecer", afirmou o atacante, em entrevista para a Mediaset Premium Calcio.

Durante a partida contra o Milan, Hulk se recusou a estender a mão a Spalletti quando foi substituído, no final do segundo tempo.

“Cheguei para a equipe russa para jogar, não para ser substituído em todos os jogos! Eu quero sair!”, disse Hulk à mídia russa depois da partida.

Spalletti reagiu ao comportamento do Hulk com paciência.

“Não aconteceu nada desagradável. Os jogadores maiores e mais fortes não gostam de ser substituídos, ficam chateados”, disse Spalletti. “O presidente do clube, Aleksêi Miller, me mandou uma mensagem dizendo que fiz a substituição correta”, completou o treinador.

O comentarista esportivo Timur Ganeev disse à Gazeta Russa que é pouco provável que Hulk cancele o contrato com o Zenit.

“Se um jogador desse nível sair, a perda de reputação do clube será muito perceptível. O presidente terá que demitir o treinador”, diz Ganeev. 

“Nesse caso, o Zenit perderá a possibilidade de comprar jogadores estrangeiros desse nível. Spalletti e a direção do clube vão fazer de tudo para que esse conflito seja esquecido”, completou

A transferência do Hulk, 26, do Porto para o Zenit custou cerca de US$ 60 milhões e foi a mais cara de 2012 na Europa. Se Hulk cancelar o seu contrato com o clube de São Petersburgo, não poderá jogar em nenhum outro clube até o final desta temporada.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.