Governo de Ivânovo compra arquivo do cineasta russo Andrêi Tarkóvski

Uma cena do filme Stalker Foto: kinopoisk.ru

Uma cena do filme Stalker Foto: kinopoisk.ru

Acervo, leiloado pela casa de leilões Sotheby’s na última quarta-feira (28) em Londres, foi arrematado por £ 1,3 milhão por um representante oficial da região de Ivânovo e será entregue à casa-museu do diretor em sua cidade natal, Iurievets.

O arquivo do internacionalmente conhecido diretor de cinema russo Andrêi Tarkóvski, leiloado pela casa de leilões Sotheby’s na última quarta-feira (28) em Londres, foi comprado £ 1,3 milhão por um representante oficial da região de Ivânovo e será entregue à casa-museu do diretor em sua cidade natal, Iurievets, disse o governador regional, Mikhail Men, em entrevista à agência de notícias RIA Nóvosti.

O arquivo constituído por documentos referentes à vida e às atividades profissionais do diretor foi colocado em leilão por Olga Sokurova, historiadora de cinema, ex-aluna de Tarkóvski e coautora do livro “Sculpting in Time”, em que o diretor fala sobre suas obras, o cinema e a arte em geral.

Men havia dito que o  governo da região estava à procura de recursos financeiros para comprar o arquivo do cineasta e trazê-lo de volta a sua cidade natal. Participaram da coleta de fundos organizações sociais, empresários e parceiros do Festival Internacional de Cinema Andrêi Tarkóvski "O Espelho", realizado anualmente.

O leilão contou com a participação de 22 licitantes. Na reta final do pregão, o arquivo foi disputado entre o representante da região de Ivânovo, o diretor de cinema Lars von Trier e um colecionador desconhecido.

Anteriormente, o ministro da Cultura, Vladímir Medinski, havia dito à imprensa que considerava extremamente importante trazer o arquivo de Tarkóvsi, estimado pela casa de leilões entre £ 80 mil e £ 100 mil, de volta à Rússia.

"Nós e o Ministério da Cultura fizemos o possível para chamar a atenção do público para esse evento e trazer o arquivo do grande diretor de cinema de volta à sua terra natal. Obrigado aos mecenas", disse Men.

Itens

Dentre os itens leiloados estavam os roteiros dos filmes “Solaris”, “Dia Branco” (rebatizado de “O Espelho”) e “Stalker”, escritos por Tarkóvski, obras que haviam sido publicadas em tiragens pequenas. Portanto, as cópias colocadas em leilão eram possivelmente as únicas conservadas, segundo informou a agência RBC Daily. Os roteiros incluem não só as falas dos personagens, mas também as indicações de como e onde as câmeras deveriam ser colocadas.

Também foi leiloado o manuscrito do livro “Sculpting in Time”, publicado por Tarkóvski em 1986.

O acervo inclui ainda seus blocos de anotações e 32 fitas de áudio com seus comentários, além de álbuns de fotos com a família, amigos e várias celebridades, entre as quais o mundialmente  conhecido violoncelista Mstislav Rostropovich.

Um dos lotes mais interessantes foi uma carta direcionada a Leonid Brejnev, então líder soviético, em que o diretor pede a permissão para trabalhar na URSS e exibir seus filmes no país.

"Sugeri várias vezes que a Rússia me comprasse o arquivo do cineasta por um preço simbólico entre US$ 12 mil e US$ 30 mil. Ninguém mostrou interesse", disse Olga Surkova à agência Interfax.

O Festival Internacional de Cinema Andrêi Tarkóvski "O Espelho" é realizado anualmente na Região de Ivânovo desde 2007.

O museu de Andrêi Tarkóvski foi inaugurado em 1996 na casa em que o diretor passou sua infância.

Reportagem combinada com materiais disponíveis em: http://ria.ru/culture/20121128/912628174.html

http://echo.msk.ru/news/957676-echo.html

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.