Meteorologistas russos pretendem reconstruir estação Vostok, na Antártida

Segundo Aleksandr Frolov, diretor do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos da Rússia, a estação será reconstruída no âmbito de um projeto de investimentos; a ideia é colocar módulos residenciais e de trabalho sobre estacas para que possam se levantar à medida que a camada de neve crescer.

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos da Rússia pretende reconstruir a estação Vostok, localizada perto do maior lago subglacial do mundo, no coração da Antártida, disse o diretor do centro, Aleksandr Frolov, em um encontro com jornalistas.

Frolov afirmou que os cientistas estão discutindo os planos de estudos do lago Vostok. Segundo o responsável, a estação será reconstruída no âmbito de um projeto de investimentos. A ideia é colocar módulos residenciais e de trabalho sobre estacas para que possam se levantar à medida que a camada de neve crescer, disse Frolov.

O primeiro vice-presidente da SGR (Sociedade Geográfica Russa) e representante especial da Presidência para a cooperação no Ártico e Antártida, Artur Chilingarov, disse, por sua vez, que também deve ser construído um avião que utilize como trem de pouso tanto os pneus quanto esquis.

Publicado originalmente pela agência RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.