Médicos russos implantam nova válvula cardíaca artificial em paciente

Foto: RIA Nóvosti

Foto: RIA Nóvosti

Dispositivo pode ser usado em doentes com problemas da válvula aórtica e em crianças com deficiências cardíacas graves.

Cirurgiões cardíacos russos implantaram pela primeira vez uma válvula cardíaca totalmente concebida, projetada e fabricada no país, disse, em entrevista à agência RIA Nóvosti, Serguêi Níkonov, diretor do departamento científico do Centro Cardiológico Bakulev.

"Essa válvula foi concebida e fabricada em cooperação com uma empresa de Penza e é atualmente a mais avançada do mundo. A primeira operação de implantação da nova válvula correu bem", disse Níkonov.

Segundo o responsável, a operação foi dirigida por Leo Bokeria, diretor do centro e acadêmico internacionalmente conhecido.

A nova válvula foi implantada em uma paciente de 63 anos da região de Kaluga que sofria de uma doença da válvula aórtica e de várias complicações associadas.

A nova válvula pode ser implantada em pacientes com doença da válvula aórtica e em crianças com deficiências cardíacas graves.

"A cada ano, cerca de 125 mil pessoas precisam fazer a troca da válvula", disse o médico.

Publicado originalmente pela agência RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.